SMetal

Imprensa

Justiça

Vitor Lippi e Carlos Cézar são condenados por destinação ilegal de verba

Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2016 - 13:47 - Atualizado em 27/12/2016 14:31
Imprensa SMetal

,
Condenados: Ex-prefeito de Sorocaba Vitor Lippi (PSDB) e deputado estadual Carlos Cézar (PSB)
O ex-prefeito de Sorocaba Vitor Lippi (PSDB), que é deputado federal, foi condenado na sexta-feira, dia 19, em processo de primeira instância por improbidade administrativa. Além dele, são réus o ex-secretário de cultura Anderson Santos, o deputado estadual Carlos César da Silva (PSB) e o Conselho de Pastores de Sorocaba (Conpas).

A sentença foi proferida pelo juiz Alexandre Dartanhan de Mello Guerra e se refere ao repasse ilegal de verba pública para a realização da Marcha para Jesus, entre os anos 2006 e 2010. Ela está disponível para acesso no site do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

A verba para financiar o evento, de caráter religioso, chegava aos R$ 340 mil, e teria sido repassado por intermédio de emendas parlamentares do pastor e vereador a época Carlos Cézar.

Além de multa de R$ 1,02 milhão a ser devolvido aos cofres públicos, a condenação também declara a perda da função pública atual ou futura dos réus pessoas físicas, a proibição de contratar com o poder público por cinco anos e determina a suspensão dos direitos políticos dos réus por oito anos.

Deixe seu Recado