SMetal

Imprensa

Opinião SMetal

Vídeo de Cristiane Brasil é o retrato do governo Temer

O vídeo mostra a candidata de Temer para Ministra do Trabalho, Cristiane Brasil, que tem vários processos trabalhistas, em um iate com empresários sem roupa, ao som de música eletrônica. Já o povo trabalhador...

Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2018 - 16:11 - Atualizado em 31/01/2018 16:51
Imprensa SMetal

bombados, cristiane, lancha, iate, vídeo, viralizou, brasil, Divulgação
Charge feita após a viralização do vídeo. Divulgação
Um vídeo de Cristiane Brasil, ao lado de “empresários”, numa lancha ao som de música eletrônica, viralizou na internet nesta semana. Para os dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) ele é retrato fiel do governo de Michel Temer (PMDB).

A quase ministra do trabalho Cristiane Brasil tem processos na Justiça Trabalhista por não pagar direitos previdenciários, por mandar embora trabalhadora em licença do INSS e uma condenação por ter tido um trabalhador sem carteira assinada e que ainda trabalhava 15 horas por dia.

No vídeo ela pergunta, ao lado de homens ‘bombados’ e praticamente nus, num iate: "o que passa na cabeça de quem entra com ação (trabalhista) contra a gente?".

Para o presidente do SMetal, Leandro Soares, esse comportamento de Cristiane é o mesmo de todo governo do presidente golpista, que também não aceita tantos direitos conquistados no Brasil e age, diariamente, com lobby e propinas para acabar com todos os direitos.

“As ações do governo e de seus aliados mostram à população que eles estão colocando em prática o projeto ‘Ponte para o Futuro’, formulado pelo PMDB com apoio de empresários da Fiesp, e promovendo um verdadeiro retrocesso”, comenta Soares.

Por isso, articularam o golpe para tirar a Dilma do poder e implantar as reformas. Uma das primeiras ações de Temer foi congelar os investimentos sociais por 20 anos. Contraditoriamente, ele gastou bilhões de reais para comprar deputados e investir em propaganda contra a reforma da previdência.

Além disso, em dois anos o combustível aumentou 17%, com a gasolina atingindo o valor de R$ 4,99. O presidente da Petrobras chegou a dar entrevista ao Globo responsabilizando a elevação de impostos do governo Temer.

É neste governo de Temer também que, no fim do ano passado, o botijão de gás subiu quase 10 vezes a inflação do período.

“Diante desses fatos é ou não é um retrato dos desmandos de Temer esse vídeo da Cristiane Brasil (PTB/RJ), que apesar de ter vários processos trabalhista,s é a irredutível candidata de Temer a Ministra do Trabalho? Ela e os ‘empresários’ estão aproveitando a vida adoidado, enquanto o povo trabalhador está sofrendo jornadas exaustivas para dar conta de sobreviver e dar o mínimo de qualidade de vida para a família”, ressalta o secretário-geral do SMetal, Sílvio Ferreira.

 

Histórico de processos contra Cristiane Brasil

A quase ministra do trabalho Cristiane Brasil tem processos na Justiça Trabalhista por não pagar direitos previdenciários, por mandar embora trabalhadora em licença do INSS e uma condenação por ter tido um trabalhador sem carteira assinada e que ainda trabalhava 15 horas por dia.

Dois motoristas entraram com ações contra Cristiane Brasil na Justiça Trabalhista. O terceiro processo contra Cristiane foi movido pela empregada doméstica Sebastiana Benjamim, porque a empresária não recolhia as contribuições previdenciárias.

Em 2005, houve uma audiência de conciliação entre a empregada e Cristiane, que reconheceu os direitos de Sebastiana e combinou um pagamento de R$ 500 para que o processo fosse arquivado.

A motorista Aline Lucia de Pinho, que trabalhou por cerca de dez anos para a futura ministra do Trabalho, entrou com ação porque foi demitida quando estava de licença no INSS.

Mesmo assim, no vídeo amplamente divulgado nas redes sociais nesta semana, Cristiane afirma que não conhecia os processos, que a impediram de assumir o ministério.

O plenário do Supremo Tribunal Federal ainda precisa se posicionar sobre Cristiane assumir ou não o cargo. O Carnaval está próximo. Será que vai dar samba?

 

Acidentes fatais no trabalho

Enquanto a futura Ministra do Trabalho de Temer questiona os processos trabalhistas no Brasil trabalhadores morrem trabalhando. Confira 10 casos de mortes no trabalho pelo país, neste mês de janeiro:

-> Funcionário de metalúrgica de Campinas morre prensado em máquina que operava. (G1, 28/01/2018) 

-> Trabalhador morre e outro desaparece em tubulação de esgoto na Jatiúca. (Gazeta de Alagoas, 27/01/2018) 

-> Trabalhador morre após acidente em mineradora no Junco do Seridó, PB. (G1, 25/01/2018) 

-> Trabalhador morre ao verificar sinalização de silo. (Folha de Dourados, 25/01/2018) 

-> Trabalhador morre após ser atingido por árvore em Marumbi. (TN Online, 23/01/2018) 

-> Trabalhador morre atingido por viga de concreto, em Chapecó. (Clic RDC, 23/01/2018) 

-> Acidente mata trabalhador de empresa terceirizada na quadra da Escola de Samba Piratas da Batucada. (Diário do Amapá, 21/01/2018) 

-> Trabalhador morre em Ibirama após ser prensado por chapa contra a parede. (Rádio Belos Vales, 17/01/2018) 

-> Trabalhador morre após sofrer descarga elétrica em resort. (Diário do Pará, 16/01/2018). 

-> Trabalhador tem cabeça esmagada em acidente com máquina de papelão. (RioMafraMix, 14/01/2018) 

Deixe seu Recado