SMetal

Imprensa

Comunicação

TV dos Trabalhadores está no ar

Entrou no ar às 19h de segunda-feira (23) a TVT, um canal de televisão reivindicado pelos trabalhadores há 23 anos

Terça-feira, 24 de Agosto de 2010 - Atualizado em 27/12/2016 11:54
Imprensa Smetal Sorocaba

,
A menina Nicole de Souza, do projeto Solane Trindade, apertou o botão que colocou oficialmente a TVT no ar, às 19h, do dia 23
Entrou no ar às 19h de segunda-feira (23) a TVT, um canal de televisão reivindicado pelos trabalhadores há 23 anos. A cerimônia de inauguração foi transmitida ao vivo pelo novo canal e reuniu personalidades políticas e sindicais da região do ABC paulista, onde está a sede da emissora, além de ministros de estado, a primeira dama Marisa Letícia e o presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

A emissora, o primeiro canal aberto brasileiro controlado por um movimento social, tem caráter educativo e a outorga foi feita em nome da Fundação Sociedade de Comunicação, Cultura e Trabalho, entidade que tem como instituidor e mantenedor o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Além da inauguração do novo sinal, a Fundação Sociedade de Comunicação também assinou convênio com a EBC, uma televisão pública federal, que vai fornecer parte do conteúdo da programação vinculada pela nova emissora.

Inicialmente a produção da nova televisão contará com uma hora e meia de programação diária. Os programas são: Seu Jornal, ABCD em Revista, Melhor e Mais Justo, Bom para Todos, Clique e Ligue, Boa Gente e Memória e Contexto, sempre das 19h às 20h30.

A TVT vai transmitir em UHF, via cabo, na rede NGT e canais comunitários e por internet. A programação deverá estar acessível, inicialmente, em 27 regiões de dez estados brasileiros.
Para saber como assistir à TVT, acesse www.tvt.org.br

A cerimônia
O teatro do Cenforpe (Centro de Formação dos Professores de São Bernardo do Campo), com capacidade para 1,7 mil pessoas, ficou praticamente lotado. Logo após a formação da mesa, a TVT foi colocada no ar e a cerimônia de inauguração, conduzida pelo diretor de Comunicação do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Valter Sanches, foi transmitida ao vivo, intercalando discursos das autoridades e mostras da programação.

Em sua fala, o ministro das comunicações sociais do governo Lula, o jornalista Franklin Martins, destacou a importância da democratização dos meios de comunicação e disse que "O momento atual é bom para o jornalismo, não pelo que se faz, mas pela perspectiva do que se pode fazer. A internet e a pluralidade de opções estão acabando com a imagem do consumidor passivo de informações. O consumidor quer interagir com os meios de comunicação. A TVT nasce neste momento positivo de transição", destacou.

Como autor do pedido oficial da TVT há 23 anos e o responsável por assinar a concessão da emissora 20 anos depois, o presidente Lula disse que os trabalhadores terão a responsabilidade de fazer uma programação séria e de qualidade. "Tem que ser como eu disse no começo do meu governo. Primeiro a gente faz o necessário; depois o possível. E quando a gente menos espera, já está fazendo o impossível. Até porque, o impossível é Deus pecar. O resto, nós temos condições de fazer".

Clique abaixo para assistir ao vídeo

VÍDEO DE 5min SOBRE LANÇAMENTO DA TV

Deixe seu Recado