SMetal

Imprensa

Honeywell

Trabalhadores protestam e garantem R$ 300 a mais de PPR

A primeira parcela, equivalente a 50% do valor, será paga em julho; a segunda, em janeiro de 2011.

Quarta-feira, 05 de Maio de 2010 - Atualizado em 27/12/2016 11:52
Folha Metalúrgica

Depois de ficar parados por cinco horas, das 6h às 11h da manhã na última sexta-feira, dia 30, os trabalhadores da Honeywell, antiga Jurid, instalada na zona industrial de Sorocaba, garantiram um PPR R$ 300 a mais do valor proposto inicialmente pela empresa.

Assembléia para a aprovação da nova proposta ocorreu nessa terça, dia 4. A primeira parcela, equivalente a 50% do valor, será paga em julho. A segunda será paga em janeiro do ano que vem. A empresa emprega aproximadamente 200 trabalhadores.

"A mobilização dos trabalhadores foi fundamental. Se não fosse a disposição deles [funcionários], essa conquista não teria ocorrido", diz o diretor sindical Ailton da Silva, o Madruga.

Deixe seu Recado