SMetal

Imprensa

Dias Pontes

Trabalhadores da ZF e Bosch aprovam calendário de folgas para 2020

A votação aconteceu na última quinta-feira, 12, e, pela primeira vez, foi realizada no final do ano, garantindo mais tempo para os trabalhadores planejarem seu tempo de lazer com a família e amigos

Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019 - 15:29 - Atualizado em 13/12/2019 15:58
Imprensa SMetal

, Foguinho/Imprensa SMetal
Votação dos trabalhadores da BoschFoguinho/Imprensa SMetal
Os trabalhadores da Robert Bosch e da ZF do Brasil, plantas 1 e 2, em Sorocaba, aprovaram, na tarde última quinta-feira, dia 12, proposta de calendário de folgas em feriados prolongados (dias-pontes) para o ano 2020.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) negocia esse tipo de acordo para que trabalhador possa organizar antecipadamente os momentos de descanso e lazer com familiares e amigos.

, Foguinho/Imprensa SMetal
Votação dos trabalhadores da ZF do Brasil Foguinho/Imprensa SMetal
O dirigente sindical, Clériston Cristovão Albino dos Santos, do CSE da ZF planta 1, explica ainda que, caso o trabalhador seja convocado para trabalhar nos dias de folga estabelecidos no acordo, a empresa deverá pagar 100% de hora extra. “Além disso, a fábrica tem que convocar o trabalhador com, no mínimo, 72 horas de antecedência”, completa.

Clériston também lembra que a aprovação do calendário no final do ano é mais uma conquista dos trabalhadores da ZF. “Sempre votamos o calendário em fevereiro ou março e, desta vez, conseguimos antecipar. Assim, entramos 2020 com o calendário aprovado dando mais tempo para que o trabalhador possa planejar suas atividades de lazer com a família e amigos”.

Para o dirigente Wagner Aparecido Bueno, do CSE da Robert Bosch, a união dos trabalhadores é fundamental para que conquistas como essa continuem existindo. “Estamos sofrendo ataques constantes contra os direitos trabalhistas. A Contratação Verde Amarela, que precariza o trabalho e beneficia somente os grandes empresários, é um exemplo do quanto esse governo não nos valoriza. Mas unidos somos capazes de lutar contra os retrocessos e, assim, garantir nossos direitos”.

A ZF do Brasil (Planta 1 e 2) e a Robert Bosch ficam no bairro Iporanga, fabricam peças para veículos e, juntas, têm mais de 2400 trabalhadores.

Deixe seu Recado