SMetal

Imprensa

Participação nos Resultados

Trabalhadores da Toyota aprovam PPR 2019

Proposta de PPR 2019 foi aprovada em assembleia nesta quarta, 12, em todos os turnos. Diretores do SMetal destacaram ainda importância dos trabalhadores se engajarem na greve geral desta sexta, dia 14

Quarta-feira, 12 de Junho de 2019 - 15:17 - Atualizado em 13/06/2019 11:16
Imprensa SMetal

toyota, ppr, montadora, sorocaba, plr, assembleia,, Foguinho/Imprensa SMetal
Proposta de PPR na Toyota foi aprovada em assembleia realizada pelo SMetal nesta quarta, 12, em todos os turnos. Foguinho/Imprensa SMetal
Trabalhadores da montadora Toyota, em Sorocaba, aprovaram o Programa de Participação nos Resultados (PPR) deste ano, em assembleias realizadas pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) nesta quarta-feira, dia 12.

As negociações do sindicato e Comitê Sindical de Empresa (CSE) com a empresa conseguiram manter o acordo com o mesmo valor e regras do PPR de 2018.

“Por conta da crise na produção devido à queda na exportação de carros para a Argentina, a empresa estava intransigente pela redução do valor do PPR, mas exigimos e demonstramos a possibilidade de se ter como base o acordo do ano passado”, explica o presidente do SMetal, Leandro Soares.

A primeira parcela do PPR será paga este mês e a outra em dezembro deste ano.

Greve geral e novos investimentos

Durante a assembleia Leandro e o CSE, Robson Lopes dos Passos (Paraná), destacaram a importância de todos os trabalhadores engajarem-se na greve geral do dia 14 de junho, destacando as reivindicações: por emprego, contra a Reforma da Previdência e contra os cortes da educação.

Em relação ao futuro da planta, Leandro pontua que “o sindicato continuará cobrando um posicionamento da montadora por novos investimentos”. Atualmente, a Toyota tem 2.800 trabalhadores, fabrica os modelos Etios e Yaris e fica na nova zona industrial de Sorocaba.

Deixe seu Recado