SMetal

Imprensa

Sorocaba

Trabalhadores da PGG pressionam e conquistam acordo de PPR 2021

Nova proposta foi aprovada nesta quinta-feira, dia 23, após os metalúrgicos rejeitarem um primeiro acordo. A antecipação, que representa mais de 60% do valor total, será paga em outubro e a segunda parcela, em dezembro de 2021.

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2021 - 16:01 - Atualizado em 23/09/2021 16:57
Imprensa SMetal

PGG, assembleia, votação, smetal, marcelo, ppr,, Daniela Gaspari / Imprensa SMetal
A PGG tem cerca de 300 trabalhadores, fica na Zona Industrial de Sorocaba e opera nos segmentos de cabos de energias e fios, aramados e peças para automóveisDaniela Gaspari / Imprensa SMetal
Após pressão dos trabalhadores, que rejeitaram no último dia 21 um acordo de Programa de Participação nos Resultados (PPR) para 2021, a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) voltou a negociar com a empresa PGG e apresentou nova proposta nesta quinta-feira, 23, que foi aprovada.

Durante a assembleia, que aconteceu presencialmente na fábrica, o dirigente sindical Alessandro Marcelo Nunes, conhecido como Marcelinho, apresentou duas formas de pagamento do benefício: em uma ou duas parcelas. A proposta aprovada foi a segunda, que prevê o pagamento da primeira parcela, que representa mais de 60% do valor total do PPR, em outubro e a segunda, em dezembro de 2021.

“Foi a unidade e a disposição de luta dos trabalhadores que garantiu melhorias no PPR. A produção da empresa está a todo vapor e nada mais justo que os lucros sejam repartidos com os seus funcionários”, afirmou Marcelinho.

A proposta segue critérios adotados pelo SMetal e teve crescimento em comparação aos Programas anteriores. Os valores nem indicadores são divulgados para não expor os trabalhadores, nem influenciar negociações em andamento com outras empresas metalúrgicas.

A PGG tem cerca de 300 trabalhadores, fica na Zona Industrial de Sorocaba e opera nos segmentos de cabos de energias e fios, aramados e peças para automóveis.

Deixe seu Recado