SMetal

Imprensa

Sem crise

Toyota injetará R$ 100 milhões este ano na fábrica de Sorocaba

Montadora anuncia aumento da produção do Etios e a contratação de 300

Quarta-feira, 15 de Abril de 2015 - Atualizado em 27/12/2016 13:50
Leandro Nogueira e Anderson Oliveira/ Jornal Cruzeiro do Sul

,
Em Sorocaba, são fabricados 84 mil unidades do Etios, 10 mil a mais do que a capacidade inicialmente calculada
A Toyota confirmou ontem o anúncio feito em janeiro deste ano que investirá R$ 100 milhões na planta da empresa em Sorocaba em 2015, apesar da crise enfrentada por outras montadoras instaladas no Brasil. Enquanto parte das concorrentes concedem férias coletivas aos trabalhadores ou demitem, a Toyota divulga que como as suas vendas estão aumentando mesmo na crise, manterá o investimento e contratará 300 novos trabalhadores em Sorocaba para ampliar a produção do modelo Etios. A informação foi exposta na tarde de ontem pelo gerente de assuntos governamentais da Toyota do Brasil, Roberto Braun, em coletiva com a imprensa na Prefeitura com mais outras cinco empresas, convocada pelo prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB).

Braun comemora o aumento de vendas dos veículos fabricados pela Toyota no Brasil, apesar da crise. Segundo ele, no primeiro trimestre de 2015 a comercialização de veículos novos da marca cresceu 12% em relação ao mesmo período de 2014. Em todo o ano passado a montadora japonesa já tinha vendido 11% mais quando comparado com 2013. O gerente de assuntos governamentais ressalta que somente em relação à venda do modelo Corolla, a elevação neste ano até o mês de março foi de 65% em relação ao ano passado. "O Corolla neste ano é sucesso absoluto e vende mais do que toda a concorrência no segmento", enfatizou o gerente de assuntos governamentais, avaliando que o resultado de vendas 12% maior no primeiro trimestre de 2015 foi puxado pelo modelo Corolla.

Em relação ao Etios, fabricado em Sorocaba, Braun disse que como são produzidas 84 mil unidades, ou seja, 10 mil a mais do que os 74 mil da capacidade inicialmente calculada, o horário dos trabalhadores vem sendo estendido. A contratação de 300 novos funcionários e o investimento de R$ 100 milhões é para aumentar a capacidade de produção deste modelo, dos atuais 74 mil para 108 mil ao ano, a partir de 2016. A ideia é expandir a exportação do modelo para o México. Atualmente, além do Brasil, ele é comercializado na Argentina, Paraguai e Uruguai. A empresa possui 1.650 funcionários em Sorocaba, segundo informou Braun.

Venda do modelo sorocabano

Enquanto a comercialização do modelo Toyota impulsiona o aumento de vendas neste ano, o venda do Etios para os mercados interno e externo caíram no primeiro trimestre de 2015, na comparação com o mesmo período de 2014. A empresa japonesa exportou 4.573 unidades do automóvel de janeiro a março de 2015, o que representa queda de 24% em relação ao mesmo período do ano passado. As vendas do Etios no Brasil, por sua vez, recuaram 5%. Apesar da retração, atribuída pela empresa aos problemas nas economias de Brasil e Argentina, a Toyota deve manter o investimento na fábrica de Sorocaba e aponta crescimento das vendas do Etios em março.

As exportações do Etios para os países vizinhos do Brasil, como Argentina, Uruguai e Paraguai, tiveram queda de aproximadamente 24%, informa a Toyota, por meio da assessoria de imprensa. No primeiro trimestre de 2014, foram enviadas ao exterior 6.060 unidades do veículo, nas versões hatchback e sedan. De janeiro a março deste ano, o número foi reduzido a 4.573 unidades. A crise econômica que assola o país argentino, o principal mercado do Etios, foi o responsável pela retração, avalia a empresa. Além disso, a Toyota aponta que as vendas do modelo no primeiro trimestre de 2014 foram acima da média.
Dados da balança comercial dos municípios, divulgados mensalmente pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), apontam que a queda nas exportações de veículos por Sorocaba foi de 25%, em valores monetários. Segundo o MDIC, a exportação de automóveis pela cidade somou US$ 57.784.651 nos três primeiros meses de 2015. No ano passado, o volume foi de US$ 77.680.715. Os valores são em dólar Free On Board (US$ FOB), ou seja, livres de custos, como taxas, valores de frete etc.

Mercado interno

A crise que afeta o setor automotivo no Brasil também refletiu nas vendas do Etios no primeiro trimestre de 2015. O veículo, nas versões hatchback e sedan, que são fabricadas em Sorocaba desde agosto de 2012, somou 13.980 unidades comercializadas no Brasil no ano passado. Nos três primeiros meses de 2015, o resultado foi de 13.279 unidades emplacadas. A queda das vendas no mercado interno, com isso, foi de 5%.

Com o menor número de unidades vendidas, o Etios hatchback passou do 23º para o 24º lugar no ranking dos emplacamentos divulgado pela Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos (Fenabrave), no período de março de 2014 e março de 2015. O veículo, na versão sedan, contudo, permaneceu com o 29º lugar.

A Toyota observa, entretanto, que as vendas do Etios cresceram em março deste ano, na comparação com o mesmo período de 2014. Enquanto as vendas totais da empresa - incluindo outros modelos da marca - cresceram 45%, houve aumento de 33% no mercado do Etios em março.

Deixe seu Recado