SMetal

Imprensa

Combustíveis

Toyota e Kanjiko param produção nesta quarta-feira

Falta peças e componentes para a produção na Kanjiko

Terça-feira, 22 de Maio de 2018 - 16:47 - Atualizado em 22/05/2018 17:09
Imprensa SMetal

, Foguinho/ Imprensa SMetal
Mãos ao alto: no governo golpista de Temer combustíveis aumentam pela quinta vezFoguinho/ Imprensa SMetal
O quinto aumento nos combustíveis no governo golpista de Michel Temer (MDB) gerou o protesto dos caminhoneiros, que estão em greve desde segunda, dia 21, e fazem bloqueios nas estradas de vários estados do país.

No Brasil, o transporte de peças e componentes, alimentos, roupas, etc. dependem das rodovias. A montadora Toyota e a sistemista Kanjiko já avisaram os trabalhadores para ficarem em casa, nesta quarta-feira, dia 23, porque a produção está comprometida devido à falta de peças.

As linhas de produção da GM e da Ford também já anunciaram prejuízos. De acordo com a Federação Única dos Petroleiros (FUP) já está aprovada uma paralisação, ainda sem data definida, contra o processo "desmonte" da Petrobras pelo governo Temer.

"Colocado por Michel Temer no comando da Petrobrás, Pedro Parente alterou a política de preços das refinarias, em outubro de 2016, quatro meses após ser empossado. Por sua orientação, a estatal passou praticar a paridade com o mercado internacional, aumentando os preços de acordo com a variação do barril de petróleo, sem estabelecer qualquer mecanismo de proteção para o consumidor", diz a FUP.

Deixe seu Recado