SMetal

Imprensa

Falta suprimento

Toyota do Brasil paralisa produção em Sorocaba e Porto Feliz

Suspensão temporária acontece entre os dias 18 e 27 de agosto de 2021 por falta de insumos. Os trabalhadores e trabalhadoras afetados pela decisão entrarão em férias coletivas no período, com retorno previsto para o dia 30 de agosto.

Quinta-feira, 12 de Agosto de 2021 - 10:53 - Atualizado em 12/08/2021 12:22

Toyota, acordo, smetal, coronavírus, sorocaba, montadora, suprimentos, covid-19, paralisação, porto feliz, Foguinho/Imprensa SMetal
Paralisação é temporária e não afetará trabalhadores.Foguinho/Imprensa SMetal
A Toyota do Brasil anunciou na manhã desta quinta-feira, 12, que vai suspender temporariamente a produção em Sorocaba. A suspensão será entre os dias 18 e 27 de agosto na fábrica onde são produzidos os modelos para exportação do Yaris (hatch e sedã), Corolla Cross e Etios.

Ainda de acordo com a nota divulgada à imprensa, a unidade de Porto Feliz, que produz os motores 1.3L e 1.5L do Yaris e Etios e do propulsor 2.0L TNGA do Corolla e Corolla Cross, também terá parte da sua produção afetada.

O motivo da paralisação é a falta de um componente produzido na Malásia. O país do sudeste Asiático cumpria lockdown desde o dia 1° de junho e só começou a flexibilizar as restrições, em alguns estados, no dia 10 de agosto.

A Toyota também comentou o impacto na nota divulgada. “Apesar de todos os esforços que temos realizado ao longo do tempo para gerenciar a falta de insumos que afeta a cadeia de suprimentos global, provocada pela pandemia de Covid-19, nesse momento uma parada é inevitável”.

De acordo com Silvio Luiz Ferreira, Secretário-Geral do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), a diretoria do sindicato participou da discussão sobre a paralisação e acompanha a situação.

“Os trabalhadores e trabalhadoras podem ficar despreocupados. O SMetal vai acompanhar o impacto da decisão nas sistemistas, mas vale destacar que essa decisão é pontual, e além de ser temporária, também não terá impacto na criação do terceiro turno. Serão mais de 450 postos de trabalho criados em Sorocaba, com possibilidade de início ainda este ano”, explica Silvio.

Os trabalhadores e trabalhadoras afetados pela decisão entrarão em férias coletivas no período, com retorno previsto para o dia 30 de agosto. Ainda segundo a Toyota do Brasil, as unidades de São Bernardo do Campo e Indaiatuba permanecem com suas atividades normais.

“O SMetal reforça seu papel nas negociações com a Toyota do Brasil para que o trabalhador e a trabalhadora não sofram qualquer impacto negativo com a falta dos insumos”, reforça o Secretário-Geral do SMetal.

Deixe seu Recado