SMetal

Imprensa

Prorrogação do acordo

Suspensão do contrato com manutenção do salário é aprovada na Sanoh

A prorrogação da medida por mais 30 dias foi aprovada pelos trabalhadores por unanimidade; caso o governo não pague o Beper, a empresa ficou responsável pelo pagamento integral do salário previsto no acordo

Quinta-feira, 23 de Julho de 2020 - 09:14 - Atualizado em 23/07/2020 13:48
Imprensa SMetal

sanoh, sistemista, sorocaba, assembleia, , Foguinho/Arquivo Imprensa SMetal
A Sanoh do Brasil fabrica tubulação para condução de fluídos automotivos para veículos da Toyota e fica na nova zona industrialFoguinho/Arquivo Imprensa SMetal
Os trabalhadores da Sanoh do Brasil aprovaram, por unanimidade, a prorrogação do acordo de suspensão dos contratos de trabalho por mais 30 dias, com garantia dos salários e benefícios. A assembleia para votação da medida foi realizada de forma virtual, entre os dias 22 e 23 de julho, seguindo a orientações de órgãos de saúde para evitar aglomerações e, assim, reduzir os riscos de contágio pela Covid-19.

A proposta negociada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) abrange seis trabalhadores da fábrica e tem como base do decreto 10.422/2020, que amplia o prazo para suspensão do contrato e redução de jornada previsto na Lei nº 14.020 (MP 936 depois sancionada), do governo federal. O acordo foi aprovado com 100% dos votos.

Além de melhor condição e maior remuneração aos trabalhadores, o Sindicato garantiu que a empresa se responsabilizará pelo pagamento integral do valor aprovado caso o governo federal não pague a parte que lhe cabe, através do BEPER (Benefício Emergencial de Proteção ao Emprego e Renda).

O secretário-geral do SMetal, Silvio Ferreira, lembra que no artigo 7º do decreto que amplia os prazos dos acordos de redução e suspensão, o governo deixa a critério de disponibilidade orçamentária o pagamento do BEPER aos funcionários.

“Por isso, a diretoria do Sindicato decidiu inserir nos acordos que negocia uma cláusula protegendo os trabalhadores, para que eles sejam prejudicados caso haja indeferimento do Benefício por parte do governo”, explica.

PPR e estabilidade até dezembro

Outra conquista recente dos trabalhadores da Sanoh do Brasil foi a garantia do Programa de Participação nos Resultados (PPR) para 2020 e estabilidade no emprego até dezembro deste ano para todos os funcionários.

O acordo foi aprovado por 97,37% dos votos e foi negociado pelo SMetal como medida de proteção ao emprego, renda e saúde no enfrentamento da crise causada pela pandemia da Covid-19.

A Sanoh do Brasil fabrica tubulação para condução de fluídos automotivos para veículos da Toyota e fica na nova zona industrial.

 

Deixe seu Recado