SMetal

Imprensa

Covid-19

Sorocaba: vacinação de idosos a partir de 83 anos será neste sábado

Para evitar fila, a imunização de pessoas com 84 anos ou mais será das 7h às 11h e de 83 anos na parte da tarde, das 11h às 16h; vacinação será por meio do sistema drive-thru, em três locais da cidade

Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2021 - 11:07 - Atualizado em 01/03/2021 15:11
Imprensa SMetal com informações da SECOM/Prefeitura de Sorocaba

vacinação, idoso, vacina, covid,, GovAmapá - fotos públicas
Até quinta-feira, dia 25, 6.338.137 brasileiros já tinham recebido a primeira dose de vacina contra a Covid-19GovAmapá - fotos públicas
Começa neste sábado, dia 27, a imunização de idosos a partir de 83 anos, em Sorocaba. Segundo informações da secretária de saúde, para evitar filas - como ocorrido no último mutirão de vacinação -, para pessoas com 84 anos ou mais, a ação será pela manhã, das 7h às 11h, e de 83 anos na parte da tarde, das 11h às 16h.

A vacinação será por meio do sistema drive-thru, em três locais da cidade: o Shopping Cidade Sorocaba (estacionamento G6), com entrada pela Avenida Atanázio Soares; o Shopping Cianê, com entrada pela Rua Francisco Scarpa e o terceiro, o Instituto Humberto de Campos, situado na Rua Rosa Maria de Oliveira, 333, Jardim Zulmira.

Nos locais, segundo a Prefeitura, haverá ainda um posto de vacinação aos idosos que chegarem a pé. É obrigatória a apresentação do documento de identidade com foto de quem precisar ser vacinado.

Até o momento, Sorocaba já vacinou mais de 28 mil pessoas, entre idosos com 85 anos ou mais, profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate à pandemia e demais trabalhadores da área. Nesta sexta, 26, chegam 6.410 novas doses da vacina Oxford (AstraZeneca) contra a Covid-19.

Toque de recolher das 23h às 5h

Para tentar frear a propagação da Covid-19, que vem atingindo números recordes nas últimas semanas, na quarta-feira, dia 24, o estado de São Paulo decretou toque de recolher das 23h às 5h a partir desta sexta-feira, dia 26.

Segundo o Coordenador do Centro de Contingência Contra a Covid-19, Paulo Menezes, se não forem adotadas medida mais rígidas, faltará leitos e o sistema de saúde pode colapsar.

Na quinta-feira, 25, o Brasil bateu recorde de mortes por Covid-19 registradas nas últimas 24 horas, de 1.582. A média móvel chegou a 1.150 óbitos por dia, segundo recorde seguido no índice.

Em Sorocaba, na mesma data, foram registradas seis mortes e 130 novos casos confirmados da Covid-19. No total, a cidade tem 35.495 casos da doença e 754 óbitos contabilizados.

“Enquanto isso, ao invés de lamentar o número de 250 mil mortes por Covid-19 em apenas um ano, o governo Bolsonaro vai para a internet desinformar sobre o uso de máscaras, que é utilizada para diminuir a disseminação da doença. É inadmissível, precisamos urgentemente de vacina para todos e todas”, enfatiza o secretário de organização do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), Izidio de Brito.

Deixe seu Recado