SMetal

Imprensa

Votação

Sorocaba: Trabalhadores da CNH Case aprovam proposta do PPR 2021

Proposta foi votada em assembleia eletrônica entre terça e a quarta-feira, 20 e 21; SMetal foi contrário ao valor oferecido pela empresa por considerar muito abaixo do que os trabalhadores mereciam

Quarta-feira, 21 de Abril de 2021 - 16:38
Imprensa SMetal

abril, 2021, imprensa,
ABRIL
Com resultado dividido, os trabalhadores da CNH Case, em Sorocaba, aprovaram a proposta do Programa de Participação nos Resultados (PPR 2021) em assembleia eletrônica, realizada no Portal SMetal entre a terça e a quarta-feira, 20 e 21.

Foram 838 votos a favor da proposta apresentada pela empresa, o que representa 56,32% do total. Outros 613 trabalhadores votaram contra, atingindo 41,20%. Já 37 (2,49%) optaram pela abstenção. No total, 1.829 funcionários da CNH Case podiam votar e 1.488 (81,36%) participaram da assembleia.

Para Silvio Ferreira, secretário geral do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), o resultado mostra uma clara divisão dentro da empresa. “Essa assembleia não tem motivo para comemorações. Estamos num momento muito difícil, em que a pandemia da Covid-19 não permite estarmos na porta da fábrica, falando com os trabalhadores. Por outro lado, a empresa tem condições de exercer pressão em cima dos funcionários. Mas o resultado mostra essa significativa divisão dos companheiros”.

Ele completa que uma proposta só boa quando todos ganham. “É preciso que a fábrica e o Sindicato cheguem num consenso onde a empresa continue sendo lucrativa e o trabalhador aumentando seus ganhos. Infelizmente não foi o que aconteceu na negociação com a CNH Case esse ano”.

Pela proposta aprovada, os funcionários da CNH Case terão 6% de reajuste no PPR deste ano. O valor, apresentado pela empresa, ficou abaixo do que o SMetal cobrou nas negociações.

Produção superou a meta

Silvio explica que as metas estabelecidas pela empresa para o ano passado foram superadas. “Eles tinham previsão de fabricar 1.751 máquinas e produziram 2.038. Quando a meta é superada, os trabalhadores não recebem um salário maior por isso. Portanto, se a produção foi maior e isso foi construído com o trabalho duro de cada companheiro, o PPR também deveria ser maior”.

Silvio lembra que, apesar da Covid-19, a produção da CNH continua a todo vapor. “A projeção para 2021 é um aumento de 57,68% na produção, com a fabricação de 2.761 máquinas, e não temos dúvidas que esse número será superado”.

Outro ponto importante, segundo o dirigente sindical, é que a economia já demonstra uma clara recuperação. “O setor do agro negócio continua crescendo e, pelo terceiro ano consecutivo, deve bater mais um recorde. Isso reflete nos preços dos produtos agrícolas, nas exportações e, consequentemente, nas fábricas, como é o caso da CNH Case”.

Ainda de acordo com Silvio, o PPR a ser pago em Sorocaba não chega no valor da primeira parcela do PPR que os trabalhadores da planta de Curitiba vão receber. “Lá o adiantamento será de R$ 12 mil, podendo chegar a R$ 18 mil. E além disso, podemos comparar com empresas aqui de Sorocaba, que tem faturamento menor que a Case e, ainda assim, pagam um PPR maior”.

Assembleia eletrônica

A assembleia eletrônica foi realizada através da ferramenta exclusiva construída pelo Sindicato, em parceria com a Pandora Soluções. O sistema faz uso de tecnologia que garante o sigilo do voto, nem o SMetal nem as empresas sabem como trabalhador votou.

Silvio enfatiza que a decisão do trabalhador é sempre respeitada pela direção sindical. “Seja qual for a vontade dos metalúrgicos, temos o compromisso democrático de respeitar. Então, o PPR está aprovado, mas nós teremos um ano muito difícil pela frente, pois a fábrica de fato está dividida. Cabe agora à empresa corrigir a rota e o Sindicato dialogar com os trabalhadores para construir a unidade”.

Deixe seu Recado