SMetal

Imprensa

Recursos federais

Sorocaba e Votorantim devem receber R$ 101 milhões do PAC

Sorocaba deverá receber R$ 48,6 milhões e Votorantim os R$ 53 milhões restantes

Sexta-feira, 06 de Agosto de 2010 - Atualizado em 27/12/2016 11:54
Jornal Cruzeiro do Sul

Os municípios de Sorocaba e Votorantim tiveram projetos pré-selecionados na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal. Somados, os recursos somados chegam a R$ 101,6 milhões.

Representantes das duas cidades retornam a Brasília, no Ministério da Cidades, na próxima semana. Eles irão detalhar seus projetos nas áreas de saneamento básico, urbanização, drenagem e abastecimento de água para os técnicos do PAC 2.

Em Votorantim foram três projetos pré-habilitados para as áreas de drenagem, urbanização e abastecimento. O principal deles, que receberá o maior volume de recursos, R$ 44 milhões, servirá usado na desfavelização da cidade com a construção de moradias populares.

Os núcleos serão construídos nos bairros Itapeva, Vila Garcia e Votocel e irão beneficiar famílias dessas regiões e seus entornos "Não sabemos ainda o número de moradias, já que o projeto será finalizado", diz o prefeito Carlos Augusto Pivetta (PT).

Outra proposta será a implantação dos piscinões no Parque Jataí, na região da avenida Antônio Lopes do Santos. A intenção, disse Pivetta, é construir ainda no local um parque.

O orçamento será de aproximadamente R$ 4 milhões. O restante do valor será destinado a construção de uma adutora no Parque São João, bairro situado às margens do acesso 103 da SP-79. Pivetta indicou que o município apresentou para o Governo Federal um pedido total de R$ 173 milhões para liberação de recursos dentro do PAC 2. No entanto, na última sexta-feira, dia 30,

O Ministério das Cidades selecionou, neste primeiro momento, somente estes três projetos. Ele explicou que esta escolha foi motivada pelo estado avançado destes programas.

O petista informou que na próxima quarta-feira voltará a Brasília novamente e estes projetos serão apresentados numa reunião técnica. Nesta etapa, explicou, a equipe técnica do governo federal aponta as falhas e os pontos que precisam ser corrigidos, com a necessidade de nova avaliação.

A expectativa é que a liberação dos recursos seja assinada em novembro deste ano. "As obras mesmo devem acontecer somente no ano que vem, já que depois entra na fase de licitação". No dia 11, além de Votorantim, farão apresentação dos seus projetos outras duas cidades da região, Tatuí e Indaiatuba.

Sorocaba
O município de Sorocaba, por sua vez, teve pré-selecionado seis projetos nas áreas de abastecimento de água, drenagem, saneamento básico e urbanização. O repasse será de R$ 48,6 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2.

O diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Geraldo Caiuby, vai a Brasília na próxima segunda-feira, dia 9, para detalhar os projetos na reunião técnica.

Dos seis projetos pré-selecionados de Sorocaba, cinco deles são do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) e um da Prefeitura de Sorocaba. O diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Geraldo Caiuby também esteve em Brasília na última sexta-feira, no Ministério da Cidades. O Saae acrescentou que, apesar de saber as regiões que serão beneficiadas, não vai detalhar os locais nesta fase de pré-habilitação para não criar uma expectativa.

Essa informação só será repassada assim que o financiamento estiver aprovado pelo Governo Federal.

Deixe seu Recado