SMetal

Imprensa

Mobilização

SMetal realiza assembleia contra a Reforma da Previdência na Flex

Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2017 - 10:55 - Atualizado em 08/12/2017 16:04
Imprensa SMetal

flex, Foguinho/Imprensa SMetal
Preparação: Trabalhadores pararam para ouvir a assembleia de alerta nesta terça, dia 5Foguinho/Imprensa SMetal
A diretoria do SMetal Sorocaba realizou na terça-feira, dia 5, uma assembleia de mobilização com os trabalhadores da Flex contra a Reforma da Previdência. O Sindicato está preparando os metalúrgicos para uma futura greve, caso a proposta avance no Congresso.

Inicialmente, a greve estava marcada para o dia 5, um dia antes da proposta ser colocar na pauta da Câmara. Porém, Temer e seus aliados não conseguiram os votos suficientes e adiaram a votação. Serão necessário 308 votos dos 513 deputados para a aprovação.

Em nota, a CUT conclama os trabalhadores a continuarem mobilizados, em estado de alerta. “Se marcar a votação, o Brasil vai parar!”, finaliza a nota.

 

Compra de votos

Para conseguir os votos necessários, Temer tem realizado inúmeras reuniões com seus aliados e anunciado verbas para deputados e municípios.

A última cartada foi nesta terça, 5, quando o governo anunciou que vai liberar mais R$ 3 bilhões a municípios em 2018 caso a reforma seja aprovada. Temer já havia prometido a liberação de R$ 2 bilhões a municípios, na semana passada, e R$ 14,5 bilhões aos parlamentares.

Deixe seu Recado