SMetal

Imprensa

Montman e Timotec

SMetal garante reajuste para metalúrgicos de mais duas fábricas do G10

Acordos negociados com a Montman e a Timotec garantem reajuste salarial superior à inflação e cláusulas sociais previstas na Convenção Coletiva. Na Honisul, o Sindicato realizou assembleia nesta quinta, 7, para pressionar a empresa

Quinta-feira, 07 de Outubro de 2021 - 11:33 - Atualizado em 07/10/2021 12:06
Imprensa SMetal

Montman, assembleia, marcelinho, sorocaba, Foguinho/Imprensa SMetal
Assembleia da Campanha Salarial com os trabalhadores da Montman aconteceu na quarta-feira, dia 6Foguinho/Imprensa SMetal
Metalúrgicos de mais duas empresas que pertencem ao Grupo 10, a Montman e Timotec Usinagem, conquistaram acordos da Campanha Salarial 2021 negociados pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal). Ambas propostas garantem reajuste salarial superior à inflação e cláusulas sociais previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Encerrada das negociações da Campanha Salarial nas demais bancadas patronais, durante essa semana, a diretoria do Sindicato tem intensificado as negociações com empresas do Grupo 10, que vem ocorrendo por fábrica. Em todas elas, o Sindicato tem garantido reajuste integral ou superior à inflação, sem parcelamento.

timotec, assembleia, campanha, marcelinho, Foguinho/Imprensa SMetal
Na Timotec, o reajuste será de 11% nos salários dos trabalhadores; assembleia aconteceu na quinta-feira, dia 7Foguinho/Imprensa SMetal
O dirigente sindical Alessandro Marcelo, responsável pelas negociações na Montman e Timotec, lembra que, para que toda a categoria tenha garantido o reajuste nos salários e as cláusulas sociais, é necessário que os trabalhadores informem ao sindicato as empresas que não fecharam acordo.

“O Grupo 10 é composto principalmente por pequenas, micro empresas e oficinas mecânicas, muitas vezes com dois trabalhadores ou pouco mais que isso, o que dificulta o acesso a elas. Por isso, estamos sempre pedindo que os metalúrgicos nos procurem para cobrar não só o reajuste, mas também denunciar irregularidades e buscar melhorias”, enfatiza.

Os trabalhadores de pequenas e micro empresas que não fecharam acordo da Campanha Salarial 2021 devem denunciar aos dirigentes do SMetal pelo telefone (15) 3334-5400, pelo WhatsApp (15) 99714-9534 ou pelo Portal SMetal, no campo ‘Denuncie’.

honisul, assembleia, pressão, campanha, salarial, aramado, Foguinho/Imprensa SMetal
Assembleia na Honisul foi realizada para pressionar a empresa a apresentar uma proposta da Campanha SalarialFoguinho/Imprensa SMetal

Propostas aprovadas

Na Montman, que tem 37 trabalhadores, a proposta foi votada pelos trabalhadores na manhã desta quarta-feira, dia 6, e o reajuste salarial conquistado é de 10,5% retroativo a setembro, sem parcelamento.

Já a assembleia da Timotec aconteceu nesta quinta-feira, dia 7, e a proposta é de 11% de reajuste nos salários, também retroativo ao mês da data-base - sendo 10,42% (INPC acumulado), mais 0,53% de aumento real. A empresa faz serviços de usinagem, tornearia e solda e tem 15 trabalhadores.

Pressão

Na manhã desta quinta-feira, 7, a diretoria do SMetal realizou assembleia também na Honisul, que fabrica aramados, para informar aos trabalhadores sobre o andamento das negociações da Campanha Salarial e pressionar a empresa para que apresente uma proposta.

A empresa também faz parte do Grupo 10 e, há algumas semanas, o Sindicato vem tentando negociar o reajuste salarial e renovação das cláusulas sociais. “Após a assembleia, a representante da empresa nos informou que o reajuste deve ser realizado ainda neste mês, retroativo a setembro. Mas faltam acertar alguns detalhes, que serão negociados em breve”, explica.

Saiba mais:

Campanha Salarial: SMetal intensifica negociações com fábricas do G10

Metalúrgicos aprovam propostas da Campanha Salarial; veja como ficou

SMetal vai buscar valorização salarial para metalúrgicos de 16 empresas

Deixe seu Recado