SMetal

Imprensa

Sorocaba

SMetal esclarece andamento das negociações do PPR 2022 na MCOR e MMO

PPR vai ser pago pela primeira vez nas empresas, após cobrança do Sindicato; o dirigente Marcelinho explicou que uma reunião na semana que vem deve definir os valores e as metas do programa para 2022

Quinta-feira, 28 de Julho de 2022 - 10:22
Imprensa SMetal

7_julho , 2022, imprensa, Foguinho/Imprensa SMetal
Empresas ficam no Cajuru, em Sorocaba Foguinho/Imprensa SMetal
A direção do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) realizou uma assembleia informativa com os trabalhadores das empresas MCOR E MMO – Mundo Moveleiro na manhã desta quinta-feira, 28.

O dirigente sindical Alessandro Marcelo Nunes (Marcelinho) explicou aos trabalhadores que uma reunião para discutir o andamento do Programa de Participação nos Resultados (PPR) está marcada para a próxima semana. “Na próxima semana temos reunião agenda com a direção do grupo que as empresas pertencem para dar andamento com as negociações e definir valores e metas para o pagamento do PPR”.

Marcelinho lembra que as duas empresas, que fazem parte do Grupo Isa Alumínio, não pagavam o PPR aos trabalhadores e, após cobrança do Sindicato, se comprometeram em estabelecer o Programa. “Foi uma importante conquista para o reconhecimento e a valorização dos trabalhadores. Estamos sempre buscando avançar nas melhorias para os metalúrgicos, afinal são eles os verdadeiros responsáveis pela produção das empresas”.

Campanha Salarial 2022

Outro ponto abordado por Marcelinho na assembleia foi a Campanha Salarial 2022. O dirigente destacou que a categoria metalúrgica já acumula 9,82% de perdas com a inflação desde a última data-base, em setembro de 2021.

“Temos mais dois meses para fecharmos o índice da data-base deste ano e caminhamos para ter um valor alto novamente, como foi em 2022. Para garantirmos conquistas, precisamos muito da união e mobilização dos trabalhadores”, enfatizou ele.

A Federação Estadual dos Metalúrgicos (FEM-CUT/SP) entregou a pauta de reivindicações, aprovada pela categoria em todo estado, e já está em negociação com as bancadas patronais.

 

Deixe seu Recado