SMetal

Imprensa

Negociação Coletiva

SMetal conquista crescimento no PPR em mais cinco empresas

Quinta-feira, 28 de Junho de 2018 - 11:17 - Atualizado em 28/06/2018 11:31
Imprensa SMetal

Dental, morelli, ppr, assembleia, Foguinho/Imprensa SMetal
Na Dental Morelli (foto) e na Inser, o acordo de PPR é válido por dois anos e abrange todos os trabalhadores, inclusive aprendizes e estagiárioFoguinho/Imprensa SMetal
Trabalhadores de mais cinco empresas metalúrgicas da base do SMetal aprovaram acordo de Programa de Participação nos Resultados (PPR) na última semana: Dental Morelli, Inser, Vossloh Cogifer, Aluzinco e Recicla SP. Todas as propostas, negociadas pelo Sindicato dos Metalúrgicos, tiveram aumento nos valores em comparação ao ano passado.

Na Dental Morelli e na Inser, o acordo é válido por dois anos e abrange todos os trabalhadores, inclusive aprendizes e estagiários. As assembleias aconteceram na segunda-feira, dia 18.

O valor conquistado de parcela fixa teve um acréscimo de 10% em relação a 2017 e, para 2019, o aumento previsto será de 10,35% em comparação ao de 2018. O crescimento total do acordo de PPR no período será de 21,39%.

Já na terça-feira, 19, o Sindicato esteve em Araçariguama para levar proposta de PPR aos metalúrgicos da Aluzinco e Recicla SP, que aprovaram por unanimidade. O valor conquistado é 20,83% maior que em 2017.

Além de PPR, os trabalhadores aprovaram acordo de jornada 6x2, seis dias de trabalho por dois de descanso remunerado. Entre os itens negociados, estão: trabalhadores que rodam turno (ininterruptos) terão o adicional de 11 dias a mais de férias e de 14h remuneradas; já os funcionários da jornada fixa terão direito ao pagamento de hora extra (100%) nos feriados de Páscoa, Dia das Mães e Dia dos Pais.

Também na terça-feira, dia 19, os trabalhadores da Vossloh aprovaram proposta de PPR com 5% de crescimento em relação ao valor do ano passado com melhorias nas metas. A primeira parcela do PPR, de 50% do valor total, será paga em julho e a segunda, em fevereiro de 2019.

Todas as propostas são negociadas pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e seguem os critérios aprovados em assembleia geral, realizada na sede da entidade no dia 9 de março.

Deixe seu Recado