SMetal

Imprensa

Cobranças

SMetal cobra respeito e cumprimento dos direitos na REV Brazil

“Pelas redes sociais a empresa se orgulha de fazer adaptações em veículos automotivos e receber visita de políticos governamentais, mas não remunera bem seus trabalhadores, nem garante o respeito na fábrica”, aponta o secretário de organização do SMetal, Izídio de Brito.

Sexta-feira, 19 de Julho de 2019 - 17:15 - Atualizado em 22/07/2019 09:48
Imprensa SMetal

, Foguinho/ Imprensa SMetal
O scretário de organização do SMetal, Izídio de Brito, chamou a atenção da empresa para o respeito com os trabalhadoresFoguinho/ Imprensa SMetal
Em ato em frente à REV Brazil, metalúrgica que fica na Raposo Tavares, os dirigentes sindicais do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) exigiram respeito à pauta dos trabalhadores, na manhã da última sexta-feira, dia 19.

“Recebemos diversas denúncias dos metalúrgicos como o não pagamento das horas extras, aos domingos e feriados, não há acordo para banco de horas, a empresa desconta do salário dos funcionários os equipamentos de proteção individual, entre outras irregularidades que estamos apurando”, relata o secretário de organização do SMetal, Izídio de Brito.

O desrespeito aos trabalhadores chega a ser mesquinho, a empresa chegou a retirar até uma cafeteira que tinha no refeitório. A empresa não fechou acordo nem Convenção Coletiva de Trabalho no ano passado, deixando os trabalhadores sem reajuste.

Além de dificultar as negociações com o Sindicato pelos direitos, a empresa já sinalizou que não discutirá o Programa de Participação nos Resultados (PPR) 2019.

“Pelas redes sociais a empresa se orgulha de fazer adaptações em veículos automotivos e receber visita de políticos governamentais, mas não remunera bem seus trabalhadores, nem garante o mínimo respeito na fábrica”, aponta Izídio de Brito.

O SMetal está apurando as denúncias recebidas e tomará as medidas cabíveis. As irregularidades podem ser denunciadas na sede do sindicato ou anonimamente pelo canal www.smetal.org.br/denuncie

Deixe seu Recado