SMetal

Imprensa

Na fábrica

SMetal busca melhorias para renovação de jornada 6x2 na Moxba

Segunda-feira, 22 de Abril de 2019 - 13:46 - Atualizado em 24/04/2019 17:04
Imprensa

moxba, izidio, assembleia, jornada, 6x2, , Foguinho/Imprensa SMetal
Na última quarta-feira, 17, os dirigentes Izidio (foto) e Farani estiveram na porta da fábrica conversando com os trabalhadores da Moxba, em AraçaFoguinho/Imprensa SMetal
Dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) estiveram na Moxba, em Araçariguama, na última quarta-feira, 17, esclarecendo dúvidas dos trabalhadores sobre as negociações de renovação do acordo de jornada 6x2 (seis dias de trabalho por dois de descanso remunerado) ininterruptos na empresa.

De acordo com João Farani, dirigente do SMetal, para a renovação do acordo, o sindicato está solicitando melhorias na proposta do ano passado. “A jornada 6x2 é mais cansativa para ao trabalhador, por isso, nossa reinvindicação é uma porcentagem maior nos salários, de 16% para 20%, além da garantia dos feriados de 1º de Maio, Dia dos Pais, Dia das Mães e Páscoa.”, conta.

jornada, farani, moxba, assembleia, araça,, Foguinho/Imprensa SMetal
João Farani explicou aos trabalhadores que, para a renovação do acordo de jornada, o SMetal está solicitando melhorias na propostaFoguinho/Imprensa SMetal
Segundo o dirigente, a empresa recusou a proposta e não apresentou novos termos. “Nós sempre estamos dispostos à negociação, mas não à imposição. Se eles querem chegar com uma proposta e ponto, isso não é negociação. Enquanto Sindicato de trabalhadores, não abrimos mão da contrapartida em benefício do trabalhador”, afirma.

Durante a assembleia, o secretário de organização do SMetal, Izidio de Brito, lembrou que o sindicato busca sempre trabalhar com sensatez nas negociações do Sindicato. “Vamos sentar, vamos discutir, vamos colocar as perspectivas futuras da empresa. Ninguém está aqui para pisar na cabeça de ninguém. Porém, queremos que as negociações avancem e que o que é de direito dos trabalhadores seja reconhecido”, concluiu.

Os dirigentes esclareceram ainda outras dúvidas referentes à Convenção Coletiva de Trabalho, conquistada na Campanha Salarial, e a Medida Provisória nº 873. A Moxba tem cerca de 100 trabalhadores, fica em Araçariguama e fabrica ligas especiais de metal.

Deixe seu Recado