SMetal

Imprensa

São Paulo

Servidores da Justiça paralisam atividades em protesto contra a terceirização

Terça-feira, 28 de Abril de 2015 - Atualizado em 27/12/2016 13:51
Imprensa SMetal

Nesta quarta-feira, dia 29, das 13h às 14h, entidades do Judiciário Trabalhista (juízes, servidores e advogados) paralisarão suas atividades e se manifestarão contra o Projeto de Lei da Terceirização, no Tribunal Regional do Trabalho, na Barra Funda, em São Paulo.

A manifestação é para demonstrar o malefício que significa a ampliação da terceirização como mais trabalho, menores salários; mais rotatividade; mais acidentes do trabalho; mais mortes; mais precarização.

Os deputados em Brasília aprovaram, nesta semana, o Projeto de Lei da Terceirização - que foi enviado para avaliação do Senado - apesar de toda manifestação contrária dos diversos movimentos sociais e de centrais sindicais em todo país.

Participam da paralisação: Amatra-2 (Associação de Magistrados da Justiça do Trabalho da 2ª Região); SASP (Sindicato de Advogados do Estado de São Paulo), Aojustra (Associação dos Oficiais de Justiça da 2ª Região da Justiça do Trabalho), Sintrajud (Sindicato dos Servidores do Judiciário do estado de São Paulo), AJD (Associação dos Juízes para a Democracia) e ABRAT (Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas).

Deixe seu Recado