SMetal

Imprensa

Sorocaba

Secretaria da Saúde alerta sobre risco da leptospirose

Quarta-feira, 01 de Fevereiro de 2017 - 14:42 - Atualizado em 01/02/2017 17:57
Secom Sorocaba

856, imprensa,
Moradores devem se proteger antes de entrar em contato com água ou lama da enchente ( Foto: Foguinho/Imprensa SMetal)
Após as fortes chuvas desta terça-feira, dia 31, a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde, faz um alerta aos munícipes sobre o risco de contaminação pela leptospirose. A orientação é adotar medidas preventivas, evitando contato com a água ou a lama da enchente e utilizando equipamentos de proteção como luvas e botas para fazer limpeza de locais afetados. A leptospirose é uma doença infecciosa aguda contraída através da urina contaminada de roedores (ratos, ratazanas e camundongos) e pode matar.

Qualquer alimento atingido pela água da enchente, seja de humanos ou de animais, deve ser obrigatoriamente descartado. Para higienizar objetos e espaços afetados é recomendado utilizar água com hipoclorito de sódio.

Quem inevitavelmente teve contato com água e lama da enchente deve fica atento ao aparecimento de sintomas da leptospirose por até 30 dias. Os sintomas costumam ter início súbito e são febre, dor de cabeça, dores no corpo (principalmente na batata da perna), fraqueza e calafrios. Pode também ocorrer: coloração amarelada da pele (icterícia), alteração do volume urinário, hemorragias na pele, nas mucosas e nos órgãos internos (pulmão, estômago, intestino). Se não for tratada logo e corretamente, a doença pode levar à morte.

 

Deixe seu Recado