SMetal

Imprensa

Saúde

Santa Casa inaugura novo equipamento para tratamento de câncer

O secretário de Organização do SMetal, Izídio de Brito, cobra o acelerador linear desde 2010, quando foi vereador; o equipamento, mais moderno e eficiente, vai atender cerca de 50 pacientes por mês

Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2020 - 15:36 - Atualizado em 11/02/2020 17:13
Imprensa SMetal

2020, imprensa, Divulgação
Vereador por dois mandatos, Izidio cobra o equipamento desde 2010Divulgação
A Santa Casa de Sorocaba inaugurou nesta terça-feira, 11, o acelerador linear, que garante um tratamento mais moderno e eficiente para pessoas com câncer. A expectativa é que o novo equipamento atenda cerca de 50 pacientes por mês.

A aquisição do acelerado linear foi uma luta do secretário de Organização do Sindicato dos Metalúrgicos (SMetal), Izídio de Brito, quando cumpriu dois mandatos de vereador na cidade. Desde 2010, ele atuou para que a população tivesse acesso ao tratamento modernizado e humanizado.

Izidio ressalta que muitos pacientes de Sorocaba e região sofrem com a falta de atendimento na cidade. “Imagina que pessoas com câncer, sentindo muita dor precisam viajar por horas e horas para receber o tratamento. Saem das suas casas de madrugada e só voltam tarde da noite. Isso é desumano”. 

2020, imprensa, Divlulgação/Santa Casa
Equipamento foi destinado para Sorocaba pelo governo de Dilma Rousseff Divlulgação/Santa Casa

Além disso, outro ponto importante é a humanização do tratamento. “Com o acelerador linear, a eficácia do tratamento chega a ser quatro vezes maior, aumentando o tempo de sobrevida e, em muitos casos, até a cura do paciente”, reforça Izídio.

Izidio lembra que o acelerador linear da Santa Casa faz parte do Plano de Expansão de Radioterapia, do governo da presidenta Dilma Rousseff. O local também recebeu uma sala especial para abrir o equipamento (casamata), recepção e sala de espera, ao custo de R$ 5 milhões.

Verbas estaduais

O ex-deputado e pré-candidato a prefeito de Sorocaba, Raul Marcelo (PSOL), também indicou verba do orçamento estadual para o projeto. No total, foram R$ 630 mil indicados por ele para fazer a interligação de suas casamatas. “Fico extremamente contente, pois a partir de hoje a radioterapia é realidade na nossa cidade”, declara Raul em postagem na sua rede social.

Deixe seu Recado