SMetal

Imprensa

Cláusula dos acidentados

Saiba porque as cláusulas sociais estão sendo negociadas

Terça-feira, 08 de Setembro de 2015 - 16:58 - Atualizado em 27/12/2016 14:12
Imprensa SMetal

,
Contando com o apoio da categoria, o SMetal e a FEM pretendem conquistar novamente uma CCT que garanta as cláusulas sociais por dois anos
*Texto publicado originalmente na Folha Metalúrgica nº 804 - edição especial sobre a cláusula dos acidentados

A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) costuma ter validade de um a dois anos. Nos últimos anos, as convenções assinadas pelos sindicatos da FEM/CUT, como é o caso do SMetal, garantem as cláusulas sociais por dois anos. Mas as cláusulas econômicas, como reposição da inflação, aumento real e reajustes nos pisos salariais, são negociadas todos os anos.

As cláusulas sociais foram negociadas pela última vez em 2013, com validade até agosto de 2015. Os reajustes salariais do ano passado foram validados por meio de acordos coletivos com as fábricas na forma de aditamentos (acréscimos) à Convenção Coletiva de 2013.

Por isso, este ano, está sendo negociada a CCT integralmente. Isso significa que tanto as cláusulas sociais quanto as econômicas deverão ser renovadas com data retroativa a 1º de setembro de 2015.

Contando com o apoio da categoria, o SMetal e a FEM pretendem conquistar novamente uma CCT que garanta as cláusulas sociais por dois anos. Se essa conquista se confirmar, em 1º de setembro de 2016 serão negociadas somente as cláusulas econômicas.

Leia mais:

Somente a CCT garante estabilidade a acidentados e lesionados

Confira a diferença entre as garantias do INSS e da CCT

CCT garantiu 25 reintegrações em 3 anos

Garantia vale em todas as empresas do ramo

O que é uma Convenção Coletiva de Trabalho

Apenas os metalúrgicos da CUT ainda têm a cláusula

Deixe seu Recado