SMetal

Imprensa

Desenvolvimento

Retomada da indústria e proteção ao emprego são debatidos em encontro

Representantes do SMetal se reuniram com a Prefeita de Sorocaba nesta terça-feira, dia 28, para reivindicar a participação da entidade em espaços públicos criados para debater ações de proteção ao emprego, saúde e renda

Terça-feira, 28 de Julho de 2020 - 19:56 - Atualizado em 28/07/2020 22:19
Imprensa SMetal

leandro, prefeitura, sorocaba, reunião, smetal, silvio, emprego, renda, Daniela Gaspari/Imprensa SMetal
Reunião com a prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, aconteceu na tarde desta terça-feira, dia 28, por intermédio do vereador Francisco FrançaDaniela Gaspari/Imprensa SMetal
Reivindicar a participação em espaços públicos que visem a construção de ações para a preservação do emprego, saúde e renda na cidade, sobretudo durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Este foi o objetivo do encontro entre o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), Leandro Soares, o secretário-geral da entidade, Silvio Ferreira, e a prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho.

A reunião, que ocorreu no Paço Municipal na tarde desta terça-feira, 28, foi intermediada pelo vereador Francisco França (PT), que também esteve presente no encontro. Além de reiterar o interesse do Sindicato em participar de espaços públicos, como o recém-criado Conselho Municipal do Trabalho, Emprego e Renda (Comter), o presidente do SMetal falou sobre a importância da efetivação de políticas de desenvolvimento industrial em todas as instâncias.

“Não é de hoje que o Sindicato vem buscando espaços para debater qual o tipo de indústria que queremos para a nossa cidade. Ao longo dos últimos anos temos visto um processo de desindustrialização na nossa região e acreditamos que temos muito a contribuir no debate sobre a necessidade da retomada do polo industrial que Sorocaba representa para o País", contou.

prefeitura, reunião, smetal, leandro, silvio, emprego,, Daniela Gaspari/Imprensa SMetal
Representando o SMetal, estiveram presentes o presidente do Sindicato, Leandro Soares, e o secretário-geral, Silvio FerreiraDaniela Gaspari/Imprensa SMetal
Leandro também lembrou que, na manhã desta terça-feira, 28, foi aprovado pelos vereadores de Sorocaba o projeto de lei do executivo que criou o Conselho Municipal do Trabalho e, a pedido do Sindicato, o vereador França apresentou uma emenda solicitando a inclusão de um membro do SMetal como representante da indústria no órgão.

“Quando tomamos conhecimento desse novo Conselho muito nos interessou. Solicitamos então ao vereador França que incluísse o SMetal como representante da indústria para que, com base em toda a nossa experiência, possamos contribuir na criação de uma política de desenvolvimento, emprego e renda para nossa cidade. E esperamos que a prefeita acate essa emenda sancionado o projeto de lei”, disse.

Os representantes do Sindicato entregaram à prefeita de Sorocaba dois documentos demonstrando a importância entidade para a indústria não só na cidade, como para o País, e relatando as ações sociais e de preservação dos empregos e da renda dos trabalhadores realizados recentemente pela entidade.

Fórum Permanente

Acompanhada do secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Luís Alberto Firmino, e do Secretário de Relações Institucionais, Maurício Motta, a prefeita Jaqueline sugeriu criar um Fórum Permanente de discussão voltado à proteção e geração de empregos, com a participação de Sindicatos, Poder Público, legislativo, entre outros a gentes políticos.

prefeitura, reunião, smetal, leandro, silvio, emprego,, Daniela Gaspari/Imprensa SMetal
O SMetal entregou à Prefeita documentos mostrando a importância entidade para a indústria e as ações de preservação dos empregos realizadas durante a pandemiaDaniela Gaspari/Imprensa SMetal
“Vamos manter esse diálogo para começar a trabalhar numa política permanente em defesa do emprego, especialmente para a retomada do que estava em curso antes do início da pandemia, pensado no melhor para a cidade”, enfatizou.

Enfrentamento à pandemia

Silvio Ferreira, secretário-geral do SMetal, enfatizou a importante atuação do Sindicato nos últimos meses, que ajudou a minimizar os impactos econômicos e sociais da pandemia da Covid-19 em Sorocaba.

“Em cenário de pandemia, conseguimos num primeiro momento deixar cerca de 20 mil trabalhadores seguros em suas casas, possivelmente evitando uma maior onda de contágio pela doença. Outro ponto importante nas negociações do Sindicato foi garantir a manutenção dos convênios médicos e da renda desses trabalhadores, ajudando a não afetar ainda mais o serviço e o orçamento público local”, explicou.

E completou: “Não dá mais para trabalharmos o assunto separadamente. Por isso, independente de questões partidárias, é fundamental para o Sindicato discutir também com o Poder Público. A indústria precisa dessa retomada e nos colocamos à disposição para levar a nossa experiência e contribuir em mais esse debate”.

Desde começo do ano, mesmo antes da edição das Medidas Provisória do Governo Federal, o Sindicato vem firmando acordos coletivos com o intuito de garantir a saúde, estabilidade no emprego e a renda da categoria. No total, cerca de 20 mil trabalhadores foram abrangidos com acordos de flexibilização de jornada, antecipação de férias e de feriados, suspensão do contrato de trabalho com direito a salários líquidos ou próximos desse valor, entre outras medidas.

Ambiente de trabalho seguro

Os representantes do Sindicato relataram ainda preocupação com a segurança e a saúde dos trabalhadores que estavam em suspensão de contrato e estão retornando ao trabalho. Eles contaram as medidas de proteção no ambiente de trabalho que vêm sendo cobradas pela entidade nas empresas e falaram sobre a visita à Toyota, realizada na semana passada.

“Nessa primeira visita, levamos representantes de duas empresas de Sorocaba para promover uma troca de experiências do que vem sendo feito para garantir um ambiente de trabalho seguro e sem riscos à vida dos trabalhadores”, lembrou Silvio Ferreira, que afirmou ainda que a ação deve ocorrer com outras empresas metalúrgicas da cidade.

Deixe seu Recado