SMetal

Imprensa

Anulação

Reforma trabalhista será tema de novos protestos na sexta

Quinta-feira, 09 de Novembro de 2017 - 11:41
Imprensa SMetal

CUt, mobilização, Divulgação
O objetivo dos protestos é chamar a atenção para os prejuízos irreparáveis contidos na terceirização irrestrita e reformas trabalhista e previdenciáriaDivulgação
A CUT e outras centrais sindicais brasileiras vão realizar atos públicos e protestos em diversas regiões do Brasil nesta sexta-feira, dia 10, véspera do dia em que a famigerada reforma trabalhista entrará em vigor.

Uma das manifestações será em São Paulo, com concentração na Praça da Sé, às 9h30, seguida de caminhada pela Avenida Paulista. O SMetal e a subsede regional da CUT deverão enviar representantes para esse ato.

O objetivo dos protestos é, mais uma vez, chamar a atenção para os prejuízos irreparáveis contidos na reforma, na terceirização irrestrita e em outras leis que o governo Temer pretende aprovar em breve, como a reforma da Previdência.

Durante o ato a CUT deverá divulgar um balanço das assinaturas coletadas nas últimas semanas em todo o país, inclusive em Sorocaba, com participação do SMetal, para um projeto de lei de iniciativa popular (PLIP) que pede a anulação da reforma.

Deixe seu Recado