SMetal

Imprensa

Sorocaba

Radioterapia deve ser retomada em até 60 dias

Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017 - 10:11 - Atualizado em 26/01/2017 07:31
Jornal Cruzeiro do Sul

,
Os atendimentos de radioterapia devem ser retomados na Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba em até 60 dias, segundo o hospital. A Santa Casa informou que iniciou no último dia 3 os procedimentos na Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) com o objetivo de obter as autorizações necessárias para o transporte e para a utilização da nova pastilha de cobalto.

O componente, que será doado, é essencial para o funcionamento do aparelho de radioterapia da Santa Casa. No dia 11 de novembro, o hospital suspendeu os atendimentos do tipo porque a pastilha de cobalto do equipamento mantido no hospital teve o prazo de validade vencido e o município -- que era requisitor do hospital na época -- não conseguiu adquirir outra. A única clínica que atende radioterapia por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade possui um convênio para cerca de 50 pacientes ao mês, sendo que 400 eram atendidos na Santa Casa. Com isso, essas pessoas -- vindas de Sorocaba e outras 47 cidades da região -- estão sendo encaminhadas para unidades da Grande São Paulo.

Acelerador linear até o fim de 2017

Anunciado em 2013, o projeto da Expansão da Radioterapia desenvolvido pelo Ministério da Saúde previa a distribuição de aceleradores lineares, com o objetivo de aumentar a oferta do tratamento para pacientes com câncer. Em Sorocaba, está em construção desde junho de 2016, em área da Santa Casa, uma casamata -- local para receber o equipamento de radioterapia -- que é considerado mais moderno, funciona por meio de energia elétrica e não depende de pastilhas de cobalto.

Segundo o governo federal, a previsão é que o aparelho da Santa Casa de Sorocaba e outros 19, em várias cidades do país, sejam entregues até o final de 2017. De acordo com o Ministério da Saúde, as obras estão em andamento e sendo executadas dentro das atividades previstas do plano.

A nota ressalta que os aceleradores lineares são equipamentos de altíssima complexidade tecnológica e não podem ser instalados sem os devidos cuidados com a proteção radiológica. As instalações exigem espaço físico com características peculiares e distintas das construções tradicionais de estabelecimentos e unidades de saúde, uma vez que envolve, por exemplo, sistemas de climatização específicos, refrigeração da água, sistema elétrico diferenciado e maior espessura das paredes.

Segundo a Santa Casa, apenas após a confirmação da data de entrega será possível prever o início dos atendimentos.

Quimioterapia

A expectativa é de que o tratamento de quimioterapia na Santa Casa de Sorocaba retome a normalidade a partir de hoje, segundo a assessoria de imprensa do hospital. Desde o início do mês, pelo menos 56 pacientes que fazem sessões de quimioterapia no local estão com o tratamento suspenso por falta de medicamentos.

De acordo com o hospital, os remédios acabaram, mas o pedido de um novo lote foi feito em tempo hábil para não interromper o tratamento dos pacientes. Porém, o hospital afirmava que a entrega ainda não tinha sido feita em função de uma suposta dívida da Prefeitura de Sorocaba com o fornecedor.

Deixe seu Recado