SMetal

Imprensa

Cilada

Quem aderir ao saque-aniversário não recebe o FGTS total na rescisão

Quarta-feira, 09 de Outubro de 2019 - 11:48
Imprensa SMetal

fgts, saque, aniversário, app,, Divulgação
Para consultar os valores disponíveis para o saque e os canais de recebimento, baixe o App FGTS ou acesse o Internet Banking CaixaDivulgação
Conforme a Medida Provisória nº 889/2019, que autorizou novas modalidades de saque do FGTS, desde o dia 1º deste mês, o trabalhador pode fazer adesão ao saque-aniversário. É só comunicar a Caixa Econômica Federal.

O saque-aniversário começa em abril do ano que vem. Por essa modalidade, o trabalhador poderá fazer retiradas anuais da conta do Fundo de Garantia, de acordo com o mês em que o beneficiário nasceu.

Mas a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos alerta que quem optar por essa modalidade não poderá sacar o total do FGTS quando for demitido.

Segundo o analista político do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), Marcos Verlaigne, “a retirada anual tem a lógica perversa de acabar com o fundo público e vai deixar o trabalhador na mão no momento em que ele mais precisar, que é o momento em que for demitido”.

Mas caso trabalhador tenha interesse, quem tem conta poupança ou conta corrente na Caixa ou em qualquer outro banco pode solicitar o crédito em conta.

Para consultar os valores disponíveis para o saque e os canais de recebimento, baixe o App FGTS ou acesse o Internet Banking Caixa.

 

Deixe seu Recado