SMetal

Imprensa

PPR 2020

Programa de Participação nos Resultados é aprovado na Furukawa

A primeira parcela do PPR 2020 será paga ainda neste mês e a segunda, em janeiro de 2021. O acordo negociado pelo SMetal foi aprovado em assembleia eletrônica por 95,83% dos votos dos trabalhadores

Sexta-feira, 24 de Julho de 2020 - 17:09 - Atualizado em 24/07/2020 17:28
Imprensa SMetal

furukawa, sorocaba, assembleia, fachada, cabos,, Foguinho/Arquivo Imprensa SMetal
A Furukawa fica no Éden, em Sorocaba, e fabrica fios, cabos e condutores elétricosFoguinho/Arquivo Imprensa SMetal
Com 95,83% dos votos favoráveis, os trabalhadores da Furukawa, em Sorocaba, aprovaram a proposta do Programa de Participação nos Resultados (PPR) para 2020, negociada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal). A primeira parcela será paga ainda neste mês e a segunda, em janeiro de 2021.

A votação foi realizada à distância, a partir da plataforma eletrônica desenvolvida pelo SMetal e a Pandora Soluções para garantir a ampla participação dos metalúrgicos nas tomadas de decisões, sem colocá-los em risco de contágio da Covid-19, o novo coronavírus.

A assembleia virtual durou 24 horas e esteve aberta das 17h de quinta-feira, dia 23, até às 17h de sexta-feira, 24. Dos 62 trabalhadores com direito a voto, 48 (77,42%) participaram da votação, sendo 46 (95,83%) favoráveis ao acordo; 1 (2,08%) contrário e 1 (2,08%) optou pela abstenção.

O secretário-geral do Sindicato, Silvio Ferreira, conta que um grande avanço na negociação desse ano foi referente aos indicadores e metas do Programa. “E mesmo com um cenário econômico instável devido a pandemia do novo coronavírus, conseguimos garantir aos trabalhadores o pagamento do mesmo valor que no ano passado”, afirma.

A proposta aprovada pelos funcionários da Furukawa segue os critérios deliberados pela categoria em assembleia geral realizada no Sindicato, em fevereiro deste ano. Os valores e a data de pagamento não são divulgados para não influenciar negociações em andamento na categoria, nem expor o trabalhador.

A Furukawa fica no Éden e fabrica fios, cabos e condutores elétricos.

Deixe seu Recado