SMetal

Imprensa

Alerta

Prefeitura decreta epidemia de dengue em Sorocaba

Ao todo, 104 casos da doença foram confirmados em 2020, sendo 76 autóctones, 25 importados e 3 indeterminados; poder público prepara “Dia D” para conscientizar e sensibilizar a população sobre o tema

Segunda-feira, 03 de Fevereiro de 2020 - 15:49 - Atualizado em 03/02/2020 16:01
Imprensa SMetal

Dengue, Sorocaba, 2020, Marcelo de Almeida Júnior / SECOM Sorocaba
De acordo com secretaria de Saúde, a concentração de casos ocorre na região do Jardim Rodrigo Marcelo de Almeida Júnior / SECOM Sorocaba
A Prefeitura de Sorocaba decretou, na manhã desta segunda-feira, 3, epidemia de dengue na cidade. Ao todo, 104 casos da doença foram confirmados, sendo 76 autóctones, 25 importados (aqueles contraídos fora da cidade) e 3 indeterminados.

De acordo com Secretaria de Saúde, a concentração de casos ocorre na região do Jardim Rodrigo (Lopes de Oliveira, Jacutinga, Marcelo Augusto e Luciana Maria). O acúmulo dos casos também ocorre nos bairros Hortência e Simus.

Para conter a situação, no dia 8 de fevereiro, a Prefeitura vai promover o “Dia D”, que servirá para conscientizar e sensibilizar a população sobre o assunto. Neste dia também haverá trabalhos técnicos como visitas casa a casa e arrastão para acabar com os criadouros nas áreas mais críticas da cidade.

A volta do inseticida Malathion

Após oito meses sem receber o veneno do Ministério da Saúde, Sorocaba recebeu na última quinta-feira, 30, 100 litros do inseticida Malathion. A informação foi confirmada em coletiva pela chefe da Divisão de Zoonoses, Thais Buti. O veneno é usado para a nebulização feita pelos agentes e pelo caminhão de fumacê, somente ao redor de casos positivos de dengue e aglomerados de casos, respectivamente. O veneno tem o objetivo de eliminar as fêmeas infectadas com o vírus.

“A quantidade não é suficiente e por este motivo, estamos usando de forma estratégica nos locais mais críticos da cidade. A previsão é que semana que vem a região de Sorocaba receba mais 200 litros do veneno”, explica Thais.

 

Veja como prevenir a dengue:

2020, imprensa,
2020

Deixe seu Recado