SMetal

Imprensa

Boa Vista e Éden

PPR dos metalúrgicos da Prysmian pode chegar a 15% de aumento

Avanço de 15% é no caso do atingimento de 103% das metas; se alcançadas 100%, aumento será de 12,5%. Proposta foi negociada pelo SMetal, CSE e Comissão de PPR e aprovada em assembleias realizadas nos dias 16 e 17

Terça-feira, 17 de Maio de 2022 - 18:52
Imprensa SMetal

prysmian, ppr, plr, assembleia, votação, smetal, éden, sorocaba, Divulgação
Assembleias para aprovação do PPR na Prysmian ocorreram nos dias 16 e 17 de maio, nas duas plantas (Boa Vista e Éden - foto)Divulgação
Os metalúrgicos da Prysmian, plantas Éden e Boa Vista, aprovaram a proposta de Programa de Participação nos Resultados (PPR) de 2022, em assembleias realizadas nas fábricas nos dias 16 e 17 de maio. Em comparação ao acordo de 2021, o valor conquistado tem crescimento 12,5% com 100% das metas alcançadas. No caso de atingimento de 103% dos indicadores, o aumento será de 15%.

Francisco de Assis da Silva (Mexicano), membro do Comitê Sindical (CSE) da Prysmian Éden, conta que, além da questão econômica, outra melhoria importante garantida pela diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) e a Comissão de PPR durante as negociações foi referente aos indicadores e metas.

“Ao todo, foram 12 reuniões até chegarmos numa proposta condizente com a realidade da fábrica e que acreditávamos atender aos anseios dos trabalhadores. Tivemos, inclusive, um avanço muito grande nas metas, até mesmo na questão de eficiência de materiais, uma das mais difíceis de atingir”, explicou.

silvio, ferreira, prysmian, secretário, geral, smetal,, Daniela Gaspari / Arquivo Imprensa SMetal
Silvio Ferreira, secretário-geral do SMetal, destaca compromisso do Sindicato e da Comissão de PPR em acompanhar os indicadores do PPR, buscando a superação das metasDaniela Gaspari / Arquivo Imprensa SMetal
O secretário-geral do SMetal, Silvio Ferreira, que também fez parte da mesa de negociações, lembrou que outra mudança conquistada nas discussões de 2022 foi referente a forma como o PPR é pago, unificando o valor para as diferentes divisões da empresa. A alteração foi, inclusive, tema de enquete realizada com os trabalhadores da metalúrgica.

“Antes, a primeira parcela não era igual para todos, dependia do resultado de determinado setor. Agora, além da antecipação do Programa não ter mais essa diferença, o valor total a ser alcançado também é o mesmo nas duas plantas, desde que atingidas as metas de cada uma delas, sem a distinção por divisão”, enfatizou o secretário-geral.

Segundo ele, o Sindicato e a Comissão assumiram ainda o compromisso de acompanhar os indicadores e metas do PPR de 2022. “Todo o programa foi negociado para que o trabalhador tenha chances reais de superar as metas e garantir os 15% de aumento. E nós, do SMetal e a Comissão eleita pelos trabalhadores, vamos acompanhar de perto todo esse processo para buscarmos o melhor resultado”, assegurou.

Também participaram das negociações de PPR 2022 os membros do CSE da Prysmian Alexandre Galindo, Everaldo Garrido, José Roberto Tarasca, Luiz Herculano da Costa (todos da planta Éden) e Wellington Alves da Silva (Boa Vista); e os trabalhadores Camila, Ruan, Giuliano, Robson, da Comissão de PPR eleita na empresa.

A Prysmian é fabricante de cabos e tem duas unidades em Sorocaba (Éden e Alto da Boa Vista) que, juntas, têm cerca de 800 trabalhadores.

Deixe seu Recado