SMetal

Imprensa

Assembleia online

PPR 2021 é aprovado pelos metalúrgicos da empresa Neles do Brasil

Desde que a Neles assumiu a produção de válvulas da Metso, foi o primeiro ano em que a negociação foi separada; PPR foi aprovado com 93,98% dos votos e teve melhorias nas metas e nas faixas de valores

Sexta-feira, 11 de Junho de 2021 - 11:09
Imprensa SMetal

neles, metso, assembleia, eletrônica, sorocaba, Arquivo/Foguinho Imprensa SMetal
A empresa Neles do Brasil assumiu a divisão de válvulas da Metso e fica instalada na unidade Equipamentos Arquivo/Foguinho Imprensa SMetal
Com 93,98% dos votos válidos, os trabalhadores da Neles do Brasil aprovaram o Programa de Participação nos Resultados (PPR) de 2021, que foi negociado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) e a Comissão eleita na fábrica. A votação foi realizada pela internet e ficou disponível por 24 horas, entre os dias 10 e 11 de junho.

Além dos 78 votos favoráveis, a proposta teve dois (2,41%) trabalhadores contrários e outras três (3,61%) abstenções. Dos 91 funcionários da fábrica, 83 participaram da assembleia eletrônica, que teve um quórum de 91,21%.

O diretor executivo do SMetal, Francisco Lucrécio Junior Saldanha, explica que foi a primeira vez em que o PPR foi negociado separado da Metso desde que a Neles do Brasil assumiu a divisão de válvulas da fábrica, em 2020.“Com a negociação em separado, inclusive com a participação de dois trabalhadores da empresa que compuseram a Comissão de PPR, conseguimos identificar o que podia ser melhorado no Programa da fábrica neste ano”.

Com isso, completa Saldanha, “diminuímos uma meta de entrega, que foi difícil de atingir em 2020, e mudamos algumas faixas nos valores, o que fez com que o PPR fosse aprovado pela maioria dos trabalhadores”.

O pagamento é realizado em parcela única e será efetivado em março de 2022, após a aferição das metas. Os valores e indicadores da proposta não são divulgados para não influenciar outras negociações em andamento na categoria, nem expor o metalúrgico.

O sistema de assembleia eletrônica foi desenvolvido por uma empresa de tecnologia especializada a pedido do SMetal para evitar aglomerações e, assim, diminuir os riscos de contágio pela Covid-19. A plataforma faz uso de criptografia de ponta, garantindo maior segurança, privacidade e auditabilidade.

Deixe seu Recado