SMetal

Imprensa

Futebol

Portuguesa é campeã da série A2 com dois gols contra do São Bento

Apesar da derrota, time sorocabano garantiu acesso à principal divisão do Campeonato Paulista, um prêmio de R$ 200 mil e incertezas quanto ao futuro, já que enfrenta sérios problemas financeiros

Segunda-feira, 18 de Abril de 2022 - 08:58
Do Portal Porque

4_abril, 2022, imprensa, Neto Bonvino / E.C. São Bento
Time sorocabano garantiu acesso à primeira divisão Neto Bonvino / E.C. São Bento
A Portuguesa de Desportos sagrou-se campeã da série A2 do Campeonato Paulista, ao vencer o São Bento no segundo jogo da decisão, na noite deste domingo, no Canindé, por 2 a 0 – ambos marcados por zagueiros do São Bento. Lusa e São Bento entraram em campo com o acesso à primeira divisão do Campeonato Paulista garantido. Truncada e pouco criativa, a partida frustrou quem esperava um jogo de grandes emoções, ou um empate que levasse a decisão para os pênaltis.

O encontro decisivo teve poucos lances criativos. Com muitas faltas, o árbitro Douglas Marques das Flores distribuiu cartões amarelos. A equipe da Portuguesa, que teve a melhor campanha da série A2, dominou o meio de campo e esteve mais tempo no ataque, mas sem conseguir criar oportunidades que levassem real perigo ao goleiro Zé Carlos, do São Bento. Concentrado na defesa, o São Bento foi poucas vezes para o ataque, mas também sem oferecer risco à meta adversária.

Aos 43” do primeiro tempo, Daniel Costa cobrou escanteio pela esquerda, a bola desviou e desceu veloz no centro da pequena área, onde seis jogadores do São Bento e quatro da Lusa a esperavam. O camisa 13 Victor Pereira cabeceou de mau jeito e colocou a bola no ângulo esquerdo do goleiro Zé Carlos, marcando contra. Naldo, da Portuguesa, comemorou o gol e afirmou, no intervalo, que a bola “raspou” em sua cabeça, mas o gol foi creditado oficialmente a Victor Pereira.

O segundo tempo começou mais disputado, com o São Bento procurando o ataque, porém igualmente sem conseguir finalizá-las. Muitos lances foram abortados de lado a lado com faltas no meio de campo. Aos 17 minutos, Daniel Costa cruzou para dentro da área do São Bento numa cobrança de falta, a defesa do São Bento subiu e o zagueiro são-bentista Diego Sacoman cabeceou para dentro, marcando o segundo gol contra da equipe beneditina, num lance muito parecido com o primeiro.

A Portuguesa poderia ter aumentado a vantagem aos 26” do segundo tempo, quando Daniel Costa, com um lançamento certeiro, colocou a bola nos pés de Leo, frente a frente com Zé Carlos. O toque de Leo venceu o goleiro, mas a bola foi encontrar a trave direita da meta são-bentista. Já no final da partida, um gol “feito” foi perdido por Eduardo Diniz. Ele avançou desde o meio de campo, venceu a defesa alviverde, driblou o goleiro Zé Carlos e, com o gol livre à frente, chutou por cima.

Apesar da derrota, o São Bento saiu da partida com a garantia do acesso à principal divisão do Campeonato Paulista, um prêmio de R$ 200 mil e muitas incertezas quanto ao futuro, já que o clube enfrenta sérios problemas financeiros. Como o presidente Almir Laurindo afirmou ao repórter Fábio Jammal Makhoul, do PORQUE, em entrevista exclusiva na última quinta-feira, 14, o São Bento não tem como manter o elenco atual, que estará “desempregado” a partir desta segunda-feira

 

Deixe seu Recado