SMetal

Imprensa

Sorocaba

Pentair fecha e SMetal negocia pacote de benefícios aos trabalhadores

A decisão de encerramento da produção em Sorocaba partiu da matriz da empresa, sediada nos Estados Unidos, e foi anunciada na segunda quinzena de dezembro de 2015

Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2016 - 16:11 - Atualizado em 27/12/2016 14:28
Imprensa SMetal

,
A empresa encerrará a produção em 31 de março, até lá os trabalhadores serão demitidos e poderão aderir ao pacote de benefícios de forma gradativa
Os trabalhadores da Pentair Valves e Control aprovaram na última sexta-feira, dia 8, um pacote de benefícios sociais, negociado pelo Sindicato dos Metalúrgicos (SMetal), após o anúncio de fechamento da unidade em Sorocaba.

Com o pacote, os trabalhadores terão direito a indenização por tempo de trabalho nos seguintes termos: de zero a um ano (incompleto), um salário; de um a dois anos (incompletos), um salário e meio; de dois a dez anos (incompletos), dois salários e meio; e acima de dez anos, três salários.

A proposta aprovada prevê ainda pagamento de vale cesta básica e convênio médico, no período de seis meses, e de PPR (Programa de Participação nos Resultados), que será pago até 29 de fevereiro.

Segundo o dirigente do SMetal, Alessandro Marcelo Nunes, o Marcelinho, os setores jurídicos do Sindicato e da empresa se reunirão ainda nesta semana para finalizar o acordo e iniciar as demissões.

A adesão ao pacote será assinada pelos trabalhadores de forma gradativa, até o encerramento operacional da empresa, que ocorrerá em 31 de março de 2016. "As demissões vão ocorrer conforme a demanda e a entrega dos serviços já contratados", esclareceu.

A decisão de encerramento da produção em Sorocaba partiu da matriz da empresa, sediada nos Estados Unidos, e foi anunciada na segunda quinzena de dezembro de 2015.

Segundo Marcelinho, os representantes da Pentair informaram durante as negociações que já vinham com problemas financeiros desde 2014, devido à crise econômica internacional.

"Eles vinham com prejuízo desde 2014. Até tentaram fazer uma mudança com a fusão entre a Pentair e a Tyco International, porém não conseguiram o resultado esperado", explicou o diretor. "O grupo então decidiu pelo fechamento do setor de válvulas, que fica em Sorocaba, e encerraram também a produção nas unidades do Chile e Argentina", completou.

Na região, a empresa possui ainda uma unidade em Boituva, que produz painéis, caixas, gabinetes e racks resfriadores, e manterá seu funcionamento normal.

A Pentair fica na zona industrial de Sorocaba, produz válvulas de segurança e tem 240 trabalhadores.

Deixe seu Recado