SMetal

Imprensa

Opinião

Para o SMetal, condenação de Lula é perseguição política

Quinta-feira, 01 de Fevereiro de 2018 - 10:47
Imprensa SMetal

 

lula, ato, Foguinho/Imprensa SMetal
Praça da República: No dia 24, ato em São Paulo reuniu cerca de 50 mil pessoas contrárias à condenaçãoFoguinho/Imprensa SMetal
“Eu até respeito a decisão. O que não respeito é a mentira pela qual eles tomaram a decisão”, afirmou o ex-presidente Lula em discurso na noite de quarta-feira, 24, no centro de São Paulo, após condenação da 8ª Turma do Tribunal Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre.

“Quero que mostrem qual foi o crime que o Lula cometeu”, completou. O ato em defesa da Democracia e de Lula reuniu cerca de 50 mil pessoas na Praça de República.

Em nota intitulada “A democracia como réu num Tribunal de Exceção”, a diretoria do SMetal se manifestou sobre a condenação. “Foi montado com muito planejamento pela direita brasileira que não suporta nem a ideia de Lula voltar ao poder. Depois do golpe de parte do judiciário, da grande mídia e PMDB/PSDB, o país aumentou o abismo social, piorando todos os índices sociais”.

Para o SMetal, “sem provas, o ex-presidente que contabiliza vários marcos históricos realizados no país, como ampliação da oportunidade dos jovens às universidades, retirada do Brasil do Mapa da Fome, entre outros, foi condenado a cumprir 12 anos de prisão”.

Confira aqui a íntegra da nota e a galeria de fotos do ato em defesa da democracia e de Lula.

Deixe seu Recado