SMetal

Imprensa

Campanha Salarial

Nova rodada da FEM com o Grupo 10 intensifica diálogo sobre direitos sociais

Quarta-feira, 02 de Setembro de 2015 - 11:23 - Atualizado em 27/12/2016 14:11
Imprensa FEM

,
A segunda rodada de negociação entre a FEM e o Grupo 10 aconteceu na última terça-feira, dia 1º, na sede do Sindilux
A negociação sobre a necessidade de melhorar e incluir direitos sociais que atendam à realidade dos trabalhadores no chão de fábrica foi o tema da segunda rodada da Campanha Salarial entre a FEM e a bancada patronal do G10 (que reúne os setores de lâmpadas, equipamentos odontológicos, iluminação, material bélico entre outros). A reunião foi realizada na terça-feira, dia 1, na sede do Sindicato da Indústria de Lâmpadas e Aparelhos Elétricos de Iluminação no Estado de São Paulo (Sindilux), na FIESP.

Do total de 200 mil metalúrgicos em Campanha Salarial na base da Federação no Estado, 11% trabalham nos setores do G10.

Na avaliação da bancada dos trabalhadores, o G10 foi atencioso, pediu esclarecimentos sobre algumas cláusulas definidas como prioritárias pela FEM, como por exemplos, a questão das férias, do aviso prévio, da licença maternidade e a garantia de emprego à empregada gestante, entre outras.

O presidente da FEM, Luiz Carlos da Silva Dias, o Luizão, destaca como aspecto positivo na rodada a preocupação do G10 com o diálogo. "Estamos conversando bastante. Sabemos que o momento que vivemos no País hoje não é dos melhores, mas nosso objetivo é vencer as dificuldades e encontrar o caminho do consenso para que juntos possamos fechar um bom acordo e assinar a Convenção Coletiva de Trabalho", explica.

Para o assessor jurídico da FEM, Raimundo Oliveira, as rodadas com o G10 caminham em uma boa direção. "Os patrões estão nos ouvindo, têm interesse em saber em detalhes as nossas reivindicações. Compreendemos as dificuldades que eles têm em trabalhar com um colegiado, pois esse Grupo representa 10 sindicatos patronais. Neste momento, temos que ter muita paciência", relata.

Próxima rodada

A bancada do G10, coordenada pelo Departamento Sindical da Fiesp (Desin), informou que agendará uma assembleia com as empresas dos setores para debater as reivindicações sociais da Federação. Após a assembleia, a bancada patronal se comprometeu em agendar uma nova rodada com a FEM.

Deixe seu Recado