SMetal

Imprensa

Banco de Alimentos

"Nossa Feira é Livre" atende 50 famílias na ocupação Santa Rosa

Terceira edição do projeto acontece com o apoio da Catalent Pharma Solutions. Ação compra alimentos agroecológicos e distribui para famílias em vulnerabilidade social e alimentar de Sorocaba e região.

Sexta-feira, 03 de Setembro de 2021 - 13:00

nossa feira é livre, feira livre, feira, Catalent, banco de alimentos, bas, bancodealimentosdesorocaba, solidariedade, açãosocial, acaosocial, Foguinho/Imprensa SMetal
Nossa Feira é Livre atende ocupação do Santa RosaFoguinho/Imprensa SMetal
O Banco de Alimentos de Sorocaba (BAS), em parceria com a Catalent Pharma Solutions, realizou na manhã desta sexta-feira, 3, mais uma edição do projeto “Nossa Feira é Livre”. Dessa vez, a comunidade atendida foi a ocupação no bairro Santa Rosa, na Zona Norte de Sorocaba-SP, onde o BAS atua desde maio de 2020. 

O projeto cumpre o Objetivo 2 de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda ONU: fome zero e agricultura sustentável, ou seja, trabalha de ponta-a-ponta. Começa com a compra de frutas, legumes e verduras produzido pela agricultura familiar do entorno de Sorocaba, mais especificamente do Assentamento Bela Vista, em Iperó-SP, e termina com a feira livre nas comunidades mapeadas e atendidas pelo BAS.

O diferencial da “Nossa Feira é Livre” é possibilitar e fomentar a agricultura agroecológica responsável e permitir que as famílias atendidas possam escolher quais e quantos alimentos querem levar para casa.

De acordo com a líder comunitária, Suelen de Oliveira, 50 famílias foram atendidas com essa ação, uma média de pelo menos 200 pessoas.

“É um projeto muitíssimo lindo. As produtoras plantaram, colheram e, agora, o alimento chega para nós. Nós aqui da comunidade não temos condições financeiras para ir até uma feira, passar de banca em banca e comprar aquilo que tem vontade. Se não fosse a parceria do Banco de Alimentos e da Catalent, isso não seria possível para nós. Estou emocionada”, afirma Suelen. 

Para Lucinda Silveira, gestora de projetos do Banco de Alimentos, é preciso compreender que a fome não é só a ausência de alimento, mas a ausência de um alimento que é rico em nutrientes, que restabelece a pessoa como indivíduo, como ser humano.

“Ao mesmo tempo que a gente precisa sim levar comida para quem está em situação de vulnerabilidade social e alimentar, a gente também precisa apoiar quem está no campo, quem está plantando comida de verdade, sem veneno e fazer com que esses alimentos cheguem às periferias, o que chamamos de desertos alimentares”, explica.

nossa feira é livre, feira livre, feira, Catalent, banco de alimentos, bas, bancodealimentosdesorocaba, Foguinho/Imprensa SMetal
Mais de 50 famílias foram atendidas na ação do Banco de AlimentosFoguinho/Imprensa SMetal

Nas duas edições anteriores, realizadas em 2021, 140 famílias foram beneficiadas com o projeto. Foram atendidas as ocupações do bairro Capoavinha e Rosa Luxemburgo, ambas em Votorantim. 

Para doar

Para manter o Projeto “Nossa Feira é Livre”, o BAS precisa da doação. Só com o dinheiro recebido é que conseguimos comprar os alimentos para encaminhar a quem precisa. Para isso, criamos uma campanha no Catarse, onde é possível doar mensalmente para o projeto. 

Outra forma de doar para o Banco de Alimentos é via PIX 08741511000176 ou PayPal.

Para doar alimentos, entre em contato pelo telefone (15) 97400-0206. O BAS fica na CEAGESP Sorocaba, na Rua Terêncio Costa Dias, 300 - Jardim Capitão.

Conheça o Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos de Sorocaba é uma Organização Não Governamental (ONG) criada em dezembro de 2005 numa iniciativa do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), em parceria com a CEAGESP e a ETEC Rubens de Faria e Souza, com a finalidade diminuir o desperdício de alimentos e, ao mesmo tempo, combater a fome em Sorocaba e região.

Desde o início de sua existência, o Banco de Alimentos doou mais de 6.500 toneladas de alimentos. Por meio de parcerias e campanhas com outras organizações, empresas privadas e entidades, o BAS arrecadou, em 2020, mais de 57 toneladas de alimentos não perecíveis e mais de 174 toneladas de produtos de hortifrúti que foram destinados a 118 instituições, bairros e associações, atingindo mais de 25.700 pessoas.

Para que isso aconteça, o BAS faz a ponte entre doadores e entidades, além de promover e apoiar projetos pautados no desenvolvimento da economia local e na promoção da dignidade dos atendidos. Os projetos são o Cesta Verde, Nossa Feira é Livre, Semear Agrofloresta e o Armazém Sementeia.

 

Deixe seu Recado