SMetal

Imprensa

São Paulo

Mulheres se mobilizam em defesa da democracia

Quarta-feira, 13 de Julho de 2016 - 11:53 - Atualizado em 27/12/2016 15:00
Imprensa SMetal

,
Mais de duas mil mulheres participaram do ato contra o golpe
Sindicalistas de Sorocaba e região participaram na última sexta-feira, dia 8, do ato "Mulheres pela Democracia", promovido pela Frente Brasil Atual, que ocorreu na Casa Portugal, em São Paulo.

No evento, lideranças e representantes de mulheres criticaram o golpe à democracia brasileira que foi efetivado com a abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT).

A presidenta do Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo (Apeoesp), Maria Izabel Noronha, defendeu Dilma e disse que ela é exemplo de luta e resistência. "Estamos diante da maior ofensiva que esse país já teve em termos de democracia. Veja o que fizeram com o Conselho Nacional de Educação (CNE)", afirmou referindo-se à revogação da nomeação de 12 conselheiros do CNE, realizada pelo presidente interino Michel Temer (PMDB) em junho.

Presente no ato, a presidenta eleita Dilma Rousseff afirmou que o golpe se caracteriza também como uma tentativa de implantar medidas que "jamais seriam eleitas pelas urnas". Ela citou como exemplos a proposta de jornada semanal de 80 horas, anunciada pela CNI, e os cortes no programa Minha Casa Minha Vida.

Negando que irá renunciar, ela afirmou ainda: "vou lutar todos os dias de minha vida. Eu não entrego o jogo.

Tenho clareza de quem devo honrar. Quero honrar o povo que me elegeu, homens e mulheres".

Confira a galeria de fotos do ato

Deixe seu Recado