SMetal

Imprensa

Mês da mulher

Mulheres e Luta dá início à programação do semestre nesta quarta

Atividade marca o mês de março, em que se comemora o Dia Internacional da Mulher; Sindicato dos Metalúrgicos dá apoio a live que irá abordar a obra da escritora e pensadora feminista Heleieth Saffioti

Terça-feira, 16 de Março de 2021 - 18:40 - Atualizado em 17/03/2021 21:01
Imprensa SMetal

2021, imprensa, Divulgação ENPS
Renata Gonçalves, que integra o Núcleo de Estudos Heleieth Saffioti (NEHS) abordará a obra da escritora da UNIFESP, irá Divulgação ENPS
A primeira atividade deste ano do projeto Mulheres e Luta será uma live - por conta da necessidade de distanciamento social - no próximo dia 17 de março, às 19h, com a presença da pesquisadora e professora universitária Renata Gonçalves, que integra o Núcleo de Estudos Heleieth Saffioti (NEHS) da UNIFESP.

Na abertura da live que será transmitida pela página do Face e pelo canal do Yotube do Mulheres e Luta, será feita uma homenagem à memória da rapper Jess.

A atividade surgiu devido ao aprofundamento teórico do grupo de estudos em Sexualidades, Feminismo e Política - FSexPol, do Núcleo de Estudos em Gênero, Diferenças e Sexualidades (NEGDS), da UFSCar, campus Sorocaba.

A Saffioti é uma autora que contribui muito para o debate sobre patriarcado na articulação entre os nós do capitalismo, racismo e sexismo na estruturação das vidas das mulheres. Na perspectiva do nó, pensado na década de 60/70, a autora traz a contribuição sobre não pensarmos as categorias de forma isolada, ao mesmo tempo em que resgata o conceito de patriarcado de acordo com a especificidade histórica de cada lugar.

A medicação será feita pela jornalista Fernanda Ikedo, mestranda no Programa de Pós Graduação em Estudos da Condição Humana (PPGECH), da UFSCar/ Sorocaba e a debatedora será a professora Kelen Leite também da UFSCar/Sorocaba.

Dia 17/3, às 19h, no canal do Mulheres e Luta no YouTube e no Facebook.

Deixe seu Recado