SMetal

Imprensa

Sorocaba

Movimentos criam Comitê de Resistência Democrática

Quinta-feira, 10 de Março de 2016 - 14:06 - Atualizado em 27/12/2016 14:33
Imprensa SMetal

,
O Comitê entende que a Operação Lava Jato está partidarizada e integra a escalada de ataques ao campo progressista da sociedade
Militantes sindicais, sociais e estudantes de Sorocaba e região se reuniram no sábado, dia 5, na sede do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região para definição e constituição de um Comitê de Resistência Democrática para enfrentar o ataque aos direitos fundamentais e à democracia.

As entidades que compõem o Comitê entendem que a Operação Lava Jato está partidarizada e integra a escalada de ataques ao campo progressista da sociedade. Os militantes do Comitê ressaltam a necessidade de mobilizações em todas as cidades do país contra a força neoliberal de privatizações, de entrega do Pré-Sal, de terceirização, de exclusão social e de criminalização dos movimentos populares e sindical.

Seguindo orientações da Frente Brasil Popular, o Comitê realizará atividades na região de Sorocaba, além da participação na jornada nacional de lutas proposta pela Frente.

No Dia Internacional das Mulheres, dia 8, entidades do Comitê participaram de uma grande marcha na avenida Paulista, em São Paulo. Já no dia 18 de março, o Comitê realizará ato em Sorocaba.

O Comitê de Resistência Democrática é formado por todos os sindicatos da região filiados à Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil (CTB) e Força Sindical, os partidos políticos PT, PCdoB e PDT, Consulta Popular, os movimentos de juventude União Nacional da Juventude (UJS), Juventude do PT (JPT), Levante Popular da Juventude e União Estadual dos Estudantes (UEE). O Comitê é aberto a novas adesões.

LEIA MAIS:

Lava Jato usa medida ilegal para atacar Lula
Povo nas ruas: não haverá golpe!
Blogs de jornalistas denunciam relação de Juiz da Lava Jato com o PSDB

Deixe seu Recado