SMetal

Imprensa

Campanha Salarial

Metalúrgicos da Vossloh e Hurth-Infer protestam por acordo salarial

Quarta-feira, 19 de Outubro de 2016 - 12:29 - Atualizado em 27/12/2016 15:21
Imprensa SMetal

,
Caso as empresas não apresentem uma proposta aceitável até às 17h desta sexta, 21, os metalúrgicos iniciarão greve na próxima segunda-feira, dia 24
Sem avanço na proposta de reajuste salarial no Grupo 8, os trabalhadores das metalúrgicas Vossloh Cogifer (antiga Barros Monteiro) e Hurth-Infer, ambas de Sorocaba, realizaram um protesto de duas horas nesta quarta-feira, dia 19, em repúdio à falta de diálogo da empresa nas negociações da Campanha Salarial deste ano.

Na manifestação foi aprovado que, caso as empresas não apresentem uma proposta aceitável até às 17h desta sexta-feira, dia 21, os metalúrgicos podem iniciar greve na próxima segunda-feira, dia 24.

A bancada patronal do grupo 8, na qual pertencem as duas fábricas, até o momento não apresentou nenhuma proposta que chegassem à reposição da inflação acumulada em 12 meses, que foi de 9,62%.

Na primeira proposta, o G8 ofereceu o reajuste de 5%, em seguida aumentou para 6%. Nas negociações seguintes o grupo manteve os 6%, a partir de 1º de setembro e 2,5% para fevereiro. No entanto, na última negociação, o grupo retirou os 2,5%, deixando apenas a proposta única de 6%.

"Tanto a Hurt-infer, quanto a Vossloh, estão seguindo as diretrizes da bancada patronal, de apenas 6%, e com isso elas não abrem diálogo com os trabalhadores", explica o diretor executivo do SMetal, João Farani.

Campanha Salarial

A data-base da categoria é 1º de setembro, e desde então o Sindicatos dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) tem intensificado o diálogo e as mobilizações nas empresas com o objetivo de conquistar bons acordos para a categoria. Até o momento, os trabalhadores dos grupos 2 (máquinas e eletrônicos) e Estamparia aprovaram as propostas da Campanha Salarial deste ano.

Metalúrgicos da Vossloh e Hurth-Infer protestam por acordo salarial
1/5
Metalúrgicos da Vossloh e Hurth-Infer protestam por acordo salarial
2/5
Metalúrgicos da Vossloh e Hurth-Infer protestam por acordo salarial
3/5
Metalúrgicos da Vossloh e Hurth-Infer protestam por acordo salarial
4/5
Metalúrgicos da Vossloh e Hurth-Infer protestam por acordo salarial
5/5

Deixe seu Recado