SMetal

Imprensa

Mobilização

Metalúrgicos da CUT entregam pauta e dão início à Campanha Salarial

Quarta-feira, 13 de Julho de 2016 - 10:45 - Atualizado em 27/12/2016 15:00
Imprensa SMetal

,
O tema da pauta de reivindicações entregue aos sindicatos patronais na quinta, 7, é 'sem pato, sem golpe e por mais empregos e direitos'
A pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2016 dos metalúrgicos foi entregue aos sindicatos patronais na última quinta-feira, dia 7, pela Federação estadual da categoria (FEM/CUT). A data-base dos metalúrgicos é 1º de setembro.

O tema deste ano é "Sem pato, sem golpe, por mais empregos e direitos" e possui cinco eixos: não à terceirização e à perda de direitos; estabilidade e geração de empregos; reposição integral da inflação mais aumento real; valorização dos pisos e jornada semanal de 40 horas.

As reivindicações foram entregues na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) a representantes da Fundição, Estamparia, Sinpa e Sindiforja, Sicetel, Sindicel, G8 e G10. No Sindipeças a apresentação da pauta aconteceu na sede da entidade.
Para o G2, grupo no qual as negociações das cláusulas sociais estão mais avançadas, a entrega será dia 14 de julho.

O presidente da FEM/CUT, Luiz Carlos da Silva, o Luizão, ressaltou que o objetivo é buscar um acordo à altura da categoria. "Devemos ser criativos e ter disposição de diálogo na busca por soluções para manutenção dos empregos. O trabalhador não pode ser mais penalizado nem pagar o pato", enfatizou.

Durante a entrega da pauta, Ademilson Terto da Silva, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), reforçou a importância da unidade e mobilização dos trabalhadores "para que não haja retrocesso nas negociações das cláusulas sociais e conquistam um aumento de salário digno para os metalúrgicos".

Deixe seu Recado