SMetal

Imprensa

Negociação Coletiva

Metalúrgicos da Bandai conquistam o primeiro acordo de PPR em 2022

A implementação do PPR é pauta de reivindicação do SMetal desde a instalação da empresa, em 2019; PPR foi aprovado nesta quarta, 31, por unanimidade, segue todos os critérios do Sindicato e abrange também trabalhadores terceiros

Quarta-feira, 31 de Agosto de 2022 - 11:23 - Atualizado em 31/08/2022 12:47
Imprensa SMetal

bandai, ppr, plr, programa, assembleia, wagner,, Foguinho/Imprensa SMetal
A assembleia na Bandai foi liderada pelo dirigente sindical, Wagner Bueno; a empresa fica em Sorocaba e tem mais de 80 funcionários - em sua maioria, mulheresFoguinho/Imprensa SMetal

Após meses de negociação entre o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) e a empresa, na manhã desta quarta-feira, 31, as trabalhadoras e trabalhadores da Bandai aprovaram, por unanimidade, o primeiro Programa de Participação nos Resultados (PPR), a ser implementado ainda em 2022. O acordo abrange ainda cerca de 15 trabalhadores terceirizados.

A primeira parcela será paga em outubro deste ano e a segunda, em março de 2023. Segundo o dirigente sindical Wagner Bueno, responsável pelas negociações com a Bandai, a implantação do PPR na fabricante de fios, cabos e condutores elétricos vem sendo debatida desde a instalação da empresa na cidade, em 2019.

“Na época, a empresa nos respondeu que não tinha condições de fazer a divisão dos lucros, pois ainda estava se estabilizando em Sorocaba. Depois veio a pandemia da Covid-19, que causou instabilidade nos negócios e também inviabilizou a implementação do PPR em 2020 e 2021. Em 2022 pautamos novamente a empresa e, graças à mobilização das trabalhadoras, conseguimos garantir um programa condizente com a produção da fábrica, com metas atingíveis”, explicou.

bandai, ppr, plr, programa, assembleia, wagner, priscila,, Foguinho/Imprensa SMetal
Priscila Silva, dirigente do SMetal e diretora da FEM/CUT-SP, falou sobre o andamento das negociações da Campanha Salarial 2022Foguinho/Imprensa SMetal
De acordo com ele, a proposta inicial da empresa para 2022 estava bem abaixo das expectativas das metalúrgicas. “Depois de muito diálogo, sempre contando com o apoio das trabalhadoras da fábrica, chegamos a um valor que não só atende aos seus anseios, como também segue todos os critérios do Sindicato, definidos pela categoria”, assegurou Wagner.

Para o próximo ano, o objetivo do Sindicato é criar uma Comissão de PPR, eleita pelos funcionários da fábrica, para fortalecer ainda mais as negociações. O SMetal não divulga os valores de PPR para não comprometer negociações em andamento com empresas da categoria, nem expor o trabalhador.

Campanha Salarial 2022

Na assembleia, a dirigente sindical Priscila dos Passos Silva, diretora da Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT (FEM-CUT/SP), falou sobre o andamento das negociações da Campanha Salarial de 2022. A data-base da categoria é 1º de setembro e, até o momento, as perdas da categoria com a inflação estão em 9,16%, faltando apenas o índice de agosto – que será divulgado no próximo dia 9.

“Só que, além de conquistar um reajuste salarial digno, que reponha o poder de compra dos trabalhadores, precisamos garantir a manutenção dos direitos da categoria e a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho em todos os grupos patronais”, afirmou.

Priscila, que é secretária de Juventude da CUT/SP, falou ainda sobre a importância do trabalhado das demais instâncias sindicais, como a Federação e a Confederação dos Metalúrgicos. A Bandai fica no Jardim Metropolitano, em Sorocaba, e tem mais de 80 funcionários, em sua maioria, mulheres.

Deixe seu Recado