SMetal

Imprensa

Acordo

Metalúrgicos da Apex Tool conquistam avanços após greve

Paralisação foi encerrada nesta quinta-feira, dia 4. Trabalhadores terão estabilidade de 90 dias, retomada do Plano de Cargos e Salários, entre outras garantias

Quinta-feira, 04 de Maio de 2017 - 11:25
Imprensa SMetal

assembleia, apex, greve, , Foguinho/Imprensa SMetal
Assembleia de aprovação com os trabalhadores da Apex aconteceu na manhã de quinta-feira, dia 4Foguinho/Imprensa SMetal
Após 30 dias de negociação, com dois momentos de greve, os metalúrgicos da Apex Tool conquistaram avanços nos direitos trabalhistas.

Em assembleia realizada na manhã desta quinta-feira, dia 4, os trabalhadores aprovaram um conjunto de propostas, que inclui valor máximo de desconto do plano médico; aumento de aproximadamente 20% do vale alimentação; retomada do Plano de Cargos e Salários; melhorias no transporte; entre outras conquistas.

Essas propostas foram construídas em audiência realizada na tarde de quarta-feira, dia 3, no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas, com a presença da diretoria do SMetal e de representantes da empresa.

“As propostas tiveram 100% de aprovação dos trabalhadores. Foi um avanço nas garantias, graças à união e mobilização dos metalúrgicos da fábrica”, afirma o diretor-executivo do SMetal e membro do Comitê Sindical de Empresa (CSE) na Apex, Silvio Ferreira.

 

Avanços da negociação

Confira o resumo do acordo da audiência, presidida pelo desembargador Edmundo Fraga Lopes e pela procuradora Ivana Paula Cardoso:

. Foi acordado um valor máximo de desconto para o Plano de Saúde. Será criado um grupo de gestão entre o Comitê de Saúde e o Comitê Sindical de Empresa (CSE) para acompanhar a transição do plano;

. Aumento de aproximadamente 20% no Vale Alimentação retroativo a janeiro deste ano, com pagamento a partir deste mês de maio;

. Retomada de Plano de Cargos e Salários, sendo que 144 trabalhadores já terão aumento de salário a partir deste mês;

. Melhorias no transporte fretado dos trabalhadores;

. Estabilidade de 90 dias para todos os metalúrgicos da empresa;

. Em relação aos 10 dias parados, seis dias serão compensados até o dia 31 de dezembro deste ano; quatro dias serão descontados em meses que tiver dia 31 e dois dias serão abonados.

 

Histórico da luta

A greve foi iniciada no dia 3 de abril, após a gerência da fábrica se negar a negociar as reivindicações dos metalúrgicos. Em audiência de conciliação no TRT 15ª, a Justiça mandou a empresa negociar com o Sindicato e os trabalhadores suspenderam a greve.

Após agenda de reuniões entre o SMetal e a representantes da empresa metalúrgicos da Apex rejeitaram a proposta da empresa e a greve foi retomada no dia 26 de abril.

Deixe seu Recado