SMetal

Imprensa

Campanha Salarial

Metalúrgicos aprovam 'estado de greve'

Trabalhadores estão descontentes com o andamemento das negociações; a dada-base é 1° de setembro

Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010 - Atualizado em 27/12/2016 11:54
Imprensa Smetal

,
Assembleia foi realizada no começo da noite desta sexta (27) no auditório Wilson Bolinha e aprovada por unanimidade
Em assembleia realizada no começo da noite desta sexta-feira (27), na sede de Sorocaba do Sindicato, os metalúrgicos aprovaram ‘estado de greve' e as paralisações podem começar a partir da próxima semana. A mobilização faz parte das atividades da Campanha Salarial de 2010 da categoria.

Os metalúrgicos estão descontentes com o andamento das negociações com os grupos patronais, que insistem em não atender às reivindicações da categoria.

Os grupos 8 e 10, por exemplo, têm oferecido apenas 0,6% de ganho real. A proposta é considerada ofensiva pelos metalúrgicos e foi rechaçada na mesa de negociação.

Os trabalhadores querem aumento real significativo, valorização dos pisos salariais da categoria, redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais sem redução de salário e licença-maternidade de 180 dias.

Na próxima semana o Sindicato vai enviar os comunicados de greve para as empresas. Caso as negociações não avancem, a categoria já terá respaldo legal para iniciar as paralisações, que poderão ser por fábrica ou até mesmo greve geral.

As negociações da categoria são conduzidas pela Federação Estadual dos Metalúrgicos (FEM-CUT), que representa 12 sindicatos em todo o estado, que por sua vez representam 250 mil trabalhadores.

A data-base da categoria é 1° de setembro.

Deixe seu Recado