SMetal

Imprensa

Campanha Salarial

Mais de 90% dos metalúrgicos da região já conquistaram acordos

Quarta-feira, 23 de Novembro de 2016 - 11:29 - Atualizado em 27/12/2016 15:29
Imprensa SMetal

,
Secretários-geral do SMetal são 92% dos trabalhadores metalúrgicos já estão com acordos definidos
De acordo com o secretário-geral do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), Leandro Soares, 92% da categoria já conquistou acordos nesta campanha salarial. Os acordos garantem a reposição integral da inflação, que é de 9,62%, segundo o INPC/IBGE, e também as cláusulas sociais da Convenção Coletiva.

Os 92% de trabalhadores com acordo representam 34.960 do total de 38 mil metalúrgicos que compõem a categoria em Sorocaba e mais 13 cidades da região. Desses, cerca de 17 mil tiveram acordos realizados via Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT (FEM). Já o SMetal foi responsável por acordos individuais que beneficiaram 18 mil.

Nesta quarta-feira, da 23, os sindicatos filiados à Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT (FEM), que coordenada as negociações no âmbito estadual, vão se reunir na sede do SMetal para fazer um balanço da campanha no estado e debater estratégias para estender os acordos aos metalúrgicos que anda não garantiram acordo.

Leandro Soares, do SMetal, orienta a categoria a se manter mobilizada e solitária aos 8% que ainda não conquistaram o reajuste salarial as cláusulas da Convenção Coletiva. "Também é fundamental que os trabalhadores, principalmente de pequenas empresas, denunciem ao Sindicato a falta do acordo salarial deste ano", ressalta o dirigente.

ERRATA
Na versão impressa da Folha Metalúrgica nº 850 foi publicado que a categoria tem 46 mil metalúrgicos na região. Na verdade, a categoria hoje é formada por 38 mil trabalhadores. Quarenta e seis era o tamanho da categoria antes da crise que assola o país.

Na matéria acima, os números já estão corretos. Os 92% com acordo salarial até o momento incidem sobre 38 metalúrgicos, e não 46. As demais informações estão corretas inclusive na versão impressa.

Deixe seu Recado