SMetal

Imprensa

Sorocaba

Luto: ex-jogador e treinador Claudinho Anacleto morre aos 62

Claudinho Anacleto morreu nesta quinta, ele tinha 62 anos; diretoria do Sindicatos dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região expressa o mais profundo pesar para família e amigos

Sexta-feira, 28 de Outubro de 2022 - 12:50 - Atualizado em 28/10/2022 13:43
Com informações do Portal Porque

10_outubro , 2022, imprensa, Reprodução
Pelo São Bento, na condição de auxiliar ou técnico, ele trabalhou ainda em 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012Reprodução
A diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) lamenta a morte do ex-jogador e técnico do São Bento, Claudinho Anacleto, aos 62 anos. Muitos esportistas e torcedores lamentaram o fato e manifestaram pesar nas redes sociais. O clube sorocabano emitiu nota decretando luto oficial.

“Claudinho com certeza fica na história do esporte sorocabano, um grande exemplo para todos nós. Nossas orações estão com os familiares e amigos, que Deus possa confortar o coração de todos nesse momento de dor”, enfatiza Leandro Soares, presidente do SMetal.

Natural da cidade mineira de Itajubá, Claudinho Anacleto – Claudio Ernani Rodrigues, nome de batismo –, passou a se interessar pelo futebol em Sorocaba, por influência do pai, na década de 1960, acompanhando jogos do Estrada de Ferro Sorocabana. Ele chegou a ser mascote do extinto time.

Em 1977, iniciou a carreira de jogador nas categorias de base do Guarani, mas a profissionalização veio três anos depois, no próprio São Bento. Como ponta-direita, defendeu ainda o Juventus, Noroeste, Internacional-RS e atuou até mesmo fora do país – no Galatasaray da Turquia. No entanto, seguidas lesões no tornozelo direito o obrigaram a encerrar a carreira em 1994. Na época, Claudinho estava no São José Esporte Clube.

Três anos depois de pendurar as chuteiras como jogador profissional, começou a carreira de treinador. Pelo São Bento, na condição de auxiliar ou técnico, trabalhou ainda em 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012. Era um período de vacas magras, em que o clube sorocabano disponha de poucos recursos financeiros para investir na formação do elenco e até mesmo estruturais.

Claudinho Anacleto comandou também os extintos Atlético Sorocaba e Votoraty, bem como a Ponte Preta e algumas equipes do futebol varzeano de Sorocaba. “Nos momentos mais difíceis, ele sempre se colocou à disposição para colaborar com o São Bento”, afirma o presidente do Bentão, Almir Laurindo. “Com certeza já tem o seu nome marcado na história do clube.”

O ex-jogador e treinador foi velado na Ossel Vila Assis e seria sepultado às 16h30 desta quinta-feira (27), no Cemitério Memorial Park, em Sorocaba.

 

Deixe seu Recado