SMetal

Imprensa

Campanha Salarial

Luta se intensifica com a retomada da indústria metalúrgica

SMetal defende que reflexo da greve dos caminhoneiros não deve enfraquecer a Campanha Salarial 2018. De acordo com levantamento, diversos segmentos metalúrgicos têm apresentado crescimento em comparação ao ano de 2017

Quinta-feira, 14 de Junho de 2018 - 11:37 - Atualizado em 14/06/2018 12:53
Imprensa SMetal

produção, metalurgia, , Divulgação
Levantamento da subseção Dieese dos Metalúrgicos de Sorocaba demonstra que diversos segmentos metalúrgicos têm apresentado crescimento na produção em comparação a 2017Divulgação
A Campanha Salarial dos Metalúrgicos da CUT São Paulo de 2018 está se aproximando e é importante que os trabalhadores tenham conhecimento dos desafios que vem pela frente e se mobilizem.

De acordo com o dirigente do SMetal Sorocaba, Adilson Faustino (Carpinha), secretário-geral da FEM-CUT/SP, a data-base dos metalúrgicos é 1º de setembro, mas para garantir uma Convenção Coletiva de ampla proteção aos trabalhadores e um reajuste salarial digno, as negociações já iniciaram, com as mesas permanentes.

Mas o presidente do SMetal, Leandro Soares, alerta que os grupos patronais e as empresas deverão endurecer ainda mais as negociações deste ano. “Os patrões querem ainda utilizar da crise dos combustíveis e da greve dos caminhoneiros para oferecerem propostas que não vão de encontro com a realidade da fábrica ou do setor”, explica.

E continua: “Poderão até haver reflexos, mas vínhamos observando resultados positivos na economia e não podemos aceitar que, por alguns dias parados, venham colocar os prejuízos de um curto período no colo do trabalhador e comprometam um ano todo”.

campanha, salarial, protesto, Foguinho/Imprensa SMetal
Mobilização da Campanha Salarial de 2015, em frente à Prefeitura de SorocabaFoguinho/Imprensa SMetal
Para ele, somente a união e mobilização dos metalúrgicos vão garantir conquistas. “A força do trabalhador junto com toda a estrutura do Sindicato faz a diferença em uma mesa de negociação e, quanto mais unidade, mais a luta se fortalece”, conclui.


Balanço da produção dos setores metalúrgicos

De acordo com levantamento realizado pela subseção Dieese dos Metalúrgicos de Sorocaba, diversos segmentos metalúrgicos têm apresentado crescimento na produção em comparação ao ano de 2017.

“De janeiro a maio deste ano, a produção de veículos no País cresceu 12,1% e, quando observamos a produção apenas de caminhões, o número aumenta para 40%”, exemplifica o economista Fernando Lima.

Ainda segundo ele, o setor de Autopeças, no primeiro quadrimestre, apresentou aumento de 26,2,% no faturamento. Já no setor de eletroeletrônico, a tendência é que haja um crescimento de 7%.

Leia mais: INPC está acumulado em 1,93% desde a última data-base

Deixe seu Recado