SMetal

Imprensa

Bilhões

Lucro do FGTS será distribuído aos trabalhadores até 31 de agosto

Mais de 50 milhões de trabalhadores brasileiros formais com saldo em suas contas individuais até 31 de dezembro de 2021 terão direito a uma parte dos lucros do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço

Terça-feira, 05 de Julho de 2022 - 23:01
Da Redação CUT Brasil

7_julho , 2022, imprensa, Marcelo Camargo / Agência Brasil
Trabalhadores podem consultar extrato online Marcelo Camargo / Agência Brasil
Todo ano o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) distribui parte de um lucro bilionário a mais de 50 milhões de trabalhadores. Têm direito ao valor trabalhadores formais quem têm contas ativas ou inativas com saldo em 31 de dezembro de 2021.  

A cada ano um percentual do lucro do FGTS é distribuído, a partir da decisão do Conselho Curador do FGTS, formado por uma comissão triparte com representantes do governo, empresários e dos trabalhadores, entre eles dirigentes da CUT. Uma Reunião Extraordinária, será realizada em julho, para deliberar sobre as Demonstrações Financeiras de 2021, e uma outra Reunião Ordinária, em agosto, para deliberar sobre a Distribuição de Resultados.

No ano passado foram distribuídos R$ 8,129 bilhões, que representam 96% do lucro do fundo de 2020, de R$ 8,467 bilhões. Em 2020, o FGTS distribuiu cerca de R$ 7,5 bilhões aos trabalhadores, o que correspondeu a 66,2% do lucro de 2019.

Para este ano, embora não tenha sido divulgado o valor, a continuar a mesma proporção de anos anteriores, o valor deve também atingir bilhões.

Rentabilidade

A rentabilidade do FGTS é fixa, de 3% ao ano, porém, desde 2017 os trabalhadores recebem parte dos lucros do Fundo de Garantia, que resultam dos juros cobrados de empréstimos a projetos de infraestrutura, saneamento e crédito da casa própria.

Importante ressaltar que o lucro depositado ficará na conta e poderá ser sacado apenas nos casos de demissão sem justa causa, no término do contrato de trabalho, na aposentadoria e na compra da casa própria, entre outros motivos. A relação de que em situações é possível sacar seu FGTS, você encontra aqui, com informações da Caixa Econômica Federal (CEF). 

Confira quem tem direito ao lucro do FGTS

- quem tem saldo na conta até 31 de dezembro

- quem sacou depois desta data também terá direito ao valor a partir do saldo que tinha até 31 de dezembro de 2021

- quem sacou o FGTS antes de 31 de dezembro de 2021, em qualquer dia e mês do ano passado, não terá direito a receber a divisão de lucros.

Como consultar o saldo

O trabalhador pode verificar o saldo do FGTS acessando o aplicativo FGTS, disponível para os telefones com sistema Android e iOS. Também é possível consultar o extrato do fundo no site da Caixa Econômica Federal.

Quem não puder fazer a consulta pela internet deve ir a qualquer agência da Caixa pedir o extrato no balcão de atendimento.

O banco também envia o extrato do FGTS a cada dois meses para o endereço cadastrado na agência. Quem mudou de residência deve procurar uma agência da Caixa ou ligar para o número 0800-726-0101 e informar o novo endereço.

Preciso fazer alguma coisa para receber o dinheiro?

Não. O valor será depositado diretamente na conta do FGTS.

Realizei saque-aniversário e/ou emergencial, tenho direito a parte do lucro?

Quem sacou uma parte do Fundo de Garantia, seja o saque emergencial ou o saque-aniversário receberá o índice de distribuição sobre o saldo que restou em 31 de dezembro de 2021.

Pedi demissão, tenho direito ao FGTS?

O trabalhador que pediu demissão e que está com a conta inativa há três anos - ou sejam sem cair nenhum depósito na conta -, por estar desempregado ou abriu um negócio próprio, tem direito a sacar o Fundo e receber a distribuição de dividendos.

No entanto, se ele não sacou, por ter mudado de emprego, o valor da distribuição de FGTS valerá tanto para a conta do trabalho anterior como do atual, caso ele tenha saldo nas duas contas, a inativa e a ativa.

É vantajoso deixar o dinheiro parado na conta do FGTS?

Para o trabalhador que, embora tenha direito ao saque, não está precisando do dinheiro, vale a pena deixar o valor na conta, desde que não tenha investimentos que remunerem acima da inflação.

Deixe seu Recado