SMetal

Imprensa

Eleições 2010

Liderança do DEM em SP assume que Serra é o candidato da mídia

Político deu as declarações durante entrevista ao portal Terra Magazine na manhã desta quarta (15)

Quarta-feira, 15 de Setembro de 2010 - Atualizado em 27/12/2016 11:54
Com informações do Porta Terra

,
Cláudio Lembro foi prefeito de São Paulo e é um dos líderes do DEM em São Paulo
O ex-governador de São Paulo e homem forte do partido dos Democratas (DEM) no Estado, Cláudio Lembo, disse, nesta quarta-feira (15), em entrevista ao portal Terra Magazine, que a mídia já escolheu o tucano José Serra como seu candidato à Presidência e que a oposição sairá "sem voz" desta eleição. "A mídia está engajada e tem um candidato, o Serra", frisou.

Em sua análise, Lembo ainda prevê um pós-eleição obscuro politicamente. Para ele, não haverá mais partidos políticos no país. "Teremos só um movimento social coordenado pelo hoje presidente Lula, o que é ruim para a democracia. Ou seja, o partido que é coordenado pelo presidente da República sobreviverá muito mais como movimento social do que como partido, porque ele não é mais orgânico", comenta.

Para a oposição, Lembo ainda foi mais cruel. Ele acredita que o resultado da oposição nestas eleições será mau, "muito ruim. E [a oposição] sai sem voz, sem a menor possibilidade de apontar os erros do governo; de se  fazer oposição", prevê.

Para Lembro, o envolvimento da mídia nas eleições é prejudicial. "A mída está engajada, tem um candidato que é o Serra e com isso se perdeu o equilíbrio, e desse desequilíbrio, desse embate, nasce a intranqüilidade, mas ela é transitória", alivia o democrata.

Ao ser questionamento sobre o uso de termos de ‘Mussolini' por Fernando Henrique Cardoso contra Lula; da citação ‘candidato aético já derrotado' de Erenice Guerra em relação a Serra o termo pejorativo ‘bêbado' de Jorge Borhausem sobre Lula Lembo disparou: "Isso está fora dos preceitos democráticos e muito além do tom".

Deixe seu Recado